in

Cabe no time? Corinthians terá a volta de seis jogadores emprestados e direção define situação

Rodrigo Coca - Ag. Corinthians - Divulgação
Publicidade

Diante da proximidade do término da temporada 2020, a diretoria do Corinthians já começa a traçar planos para o ano de 2021 na montagem do seu plantel. A partir desta segunda-feira (1), seis jogadores que estavam emprestados para outras equipes voltam a ter vínculo com o alvinegro paulista. Todos eles estavam disputando a Série B, que teve seu calendário de jogos concluído na última sexta-feira (29).

O grupo de jogadores que retornam é formado por Caíque França, Caetano e Madson, que caíram com o Oeste para a Série C, Filipe e Matheus Matias, que foram rebaixados com o Paraná Clube, e Rafael Bilu, que quase subiu para a elite nacional com o CSA.

De acordo com o jornalista Rodrigo Vessoni, do Meu Timão, é possível que alguns destes atletas sejam colocados na equipe sub-23 do alvinegro, que atualmente está sendo comandada pelo ex-jogador Danilo. Quem for escolhido se juntará a Fabrício Oya, que também caiu com o Oeste, e já está treinando na base do Timão. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Segundo o colunista, a diretoria do Corinthians não deve aproveitar nenhum dos atletas no time principal comandado por Vagner Mancini, e quem não rumar para a base, deve ser emprestado novamente para outro clube.

A lista 

Além do sexteto que voltou de empréstimo, o Corinthians ainda possui outros dez atletas que estão cedidos a outros clubes. Alguns deles, que possuem vínculo com times da Série A, estão com contratos se encerrando agora no término da disputa do Campeonato Brasileiro. Entre eles o meia Fessin, e os atacantes Janderson e Marquinhos. 

Próximo compromisso

Após folgar no último final de semana no Brasileirão por conta do adiamento do clássico contra o Santos, a equipe de Mancini volta a campo nesta quarta-feira (3), às 21h30 (de Brasília), quando encara o Ceará, em Itaquera. 

Publicidade
Publicidade