in

Ronaldo Fenômeno diz o que daria para ser campeão da Copa Libertadores da América

Getty Images
Publicidade

Ronaldo Fenômeno é dono de uma das carreiras mais espetaculares do futebol mundial. A cena dele comemorando o pentacampeonato mundial no ano de 2002 emociona quem conhece um pouco da história do jogador que se destacou em clubes do Brasil e do mundo.

Atualmente, Ronaldo é presidente do Real Valladolid, da Espanha. Nesta sexta-feira (29), véspera da final da Copa Libertadores da América, o Fenômeno participou de um evento ao lado do ex-goleiro Marcos e do ex-lateral esquerdo Léo. Eles representavam Palmeiras e Santos, respectivamente.

Ronaldo falou sobre o fato de nunca ter vencido a Copa Libertadores da América e a Liga dos Campeões, os principais torneios de América do Sul e Europa, respectivamente. O ex-jogador não esconde de ninguém que faria de tudo para vencer as duas competições.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Eu deixaria dois dedos, um para a Libertadores e outro para a Liga dos Campeões. Queria ter ganhado uma com Cruzeiro ou Corinthians, e outra com Inter de Milão ou Real Madrid”, afirmou Ronaldo, citando os times brasileiros e as equipes de Itália e Espanha.

Ronaldo foi revelado pelo Cruzeiro, em 1993, e retornou ao futebol brasileiro para defender o Corinthians, em 2009. Na Europa, o Fenômeno construiu carreira de sucesso defendendo PSV, Inter de Milão, Barcelona, Real Madrid e Milan. Pela Inter, conquistou a Copa da UEFA, atualmente chamada de Liga Europa.

Pelo Real Madrid, Ronaldo conquistou o Mundial em 2002. Na época, a Copa Intercontinental colocava frente a frente o campeão da Champions League e o campeão da Copa Libertadores, que naquele ano foi o Olímpia, do Paraguai.

Publicidade
Publicidade
Diogo Marcondes

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!