in

‘Cornetado’ nas redes sociais pela torcida, titular do Grêmio não deixa barato: ‘Eu sou um dos que mais atua’

Lucas Uebel - Divulgação - Grêmio
Publicidade

Brigando na parte de cima da tabela no Campeonato Brasileiro, no qual ainda pleiteia a disputa pelo título, o Grêmio encara o arquirrival Internacional neste domingo (24), no Beira-Rio, pela rodada de número 32 do certame nacional. Ostentando uma exímia invencibilidade na competição, a equipe comandada por Renato Gaúcho quer atrapalhar os planos do arquirrival, que assumiu a liderança na última rodada, e entrar de vez no páreo.

Tido como um dos principais destaques da equipe, o jovem Matheus Henrique não vem em um grande momento. As atuações abaixo da média nas últimas rodadas culminaram em críticas por parte da torcida.

Entrevistado pelo portal Globoesporte.com, o meio-campista rebateu as “cornetadas” que recebe nas redes sociais, e disse não se deixar levar muito para repercussão extra-campo. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“A gente acaba olhando, porque é inevitável, estamos com celular, todo momento nas redes sociais, mas eu não me abalo com as críticas. Procuro evoluir mais para no próximo jogo melhorar”, disse Matheus Henrique, ainda citando os craques Lionel Messi e Cristiano Ronaldo como exemplos. 

Avaliação positiva

Ainda na entrevista, Matheus disse que a temporada 2020 está sendo bastante positiva para ele individualmente, destacando a sua convocação para a Seleção Brasileira. Segundo ele, apesar de o momento não ser de alta, a regularidade de jogos dele com a camisa do Grêmio é algo louvável.

“Eu sou um dos que mais atua, recebemos muitas críticas, mas não pode se deixar levar por isso. Seu tivesse jogando tão mal o professor não estaria me escalando e não seria um dos jogadores que mais atua na temporada”, rebateu Matheus Henrique. 

Além de brigar pelo título do Campeonato Brasileiro, o Grêmio está na grande decisão da Copa do Brasil, onde enfrentará o Palmeiras. Em sorteio realizado na última semana, ficou definido que o primeiro jogo da finalíssima será em terras gaúchas, na Arena, enquanto a volta ocorrerá no Allianz Parque. As datas dos dois jogos ainda depende da decisão da Copa Libertadores, onde o Verdão faz a final com o Santos.

Publicidade
Publicidade