in

Santos volta a negociar venda de Pituca com clube japonês

GE

Clube japonês volta a fazer proposta para comprar o passe de Pituca, mas Santos quer finalizá-la somente na final da Libertadores.

O Santos voltou a fazer negociação com time do Japão, Kashima Antlers. Na discussão, o passe de Pituca. A negociação aconteceu antes mesmo do jogo contra o Boca Juniors, cuja o time acabou vencendo a partida e se classificando para a próxima fase da competição.

O clube está prestes a pegar o Palmeiras, na final da Copa Libertadores. O Kashima já havia apresentado uma proposta no valor de 1,6 milhão de dólares, equivalente a oito milhões e duzentos mil reais, à vista, para ter direito a 50% do passe de Pituca, em dezembro do ano passado.

Kashima Antlers não desistiu de negociação e fez nova proposta ao Santos

O Santos, no entanto, não considerou a oferta justa e acabou recusando a oferta do clube japonês, porém, o Kashima Antlers não desistiu da negociação e melhoraram as condições de proposta pelo passe do craque.

Agora, o time está priorizando o clube, mas os valores da negociata não foram divulgados. O principal ponto para o Santos, que está na final da Libertadores, é que eles não pretendem perder o jogador antes do dia 30 de janeiro, data da final do campeonato.

Santos vive crise financeira

O clube paulista já trabalha com essa data para começar a negociar com Kashima Antlers. As conversas vêm sendo conduzidas pelo presidente Andres Rueda, membros do Comitê de Gestão do Santos, o superintendente de esportes Felipe Ximenes e o empresário de Diego Pituca.

O Santos vem vivendo uma complicada crise financeira, que o fez se desfazer do passe de Lucas Veríssimo, vendido ao Benfica, de Portugal, por 6,5 milhões de euros, equivalente a 40 milhões de reais.

Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Grêmio x Palmeiras: CBF define mando de campo dos jogos da final da Copa do Brasil; quem decide em casa?

Vasco quer ser reconhecido como Campeão Mundial por torneio organizado pela CDB em 1953