in

Renato Gaúcho insiste e diretoria do Grêmio encaminha permanência de atacante; atleta seria descartado

Lucas Uebel - Divulgação - Grêmio
Publicidade

A temporada 2020 ainda não acabou, mas o Grêmio já começa a planejar a sequência deste ano que está por vir com mais uma jornada intensa. Nos bastidores, a diretoria tem observado alguns nomes no mercado da bola que será aberto brevemente, bem como buscar garantir a permanência de algumas peças do plantel.

Em meio ao cenário atípico de uma temporada rompendo o período para ser iniciado a outra por conta da pandemia, alguns atletas do futebol nacional tiveram que ter o vínculo estendido por mais tempo, em função dos meses adicionais do calendário 2020.

Indicado por Renato Gaúcho, o atacante Luiz Fernando é um caso que entra neste quesito. Cedido por empréstimo pelo Botafogo, o atleta esteve bem próximo de voltar ao time de General Severiano, mas parece que o cenário mudará drasticamente. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Com apenas um tento marcado em 24 jogos disputados, o atacante não conseguiu engrenar com a camisa do Tricolor. Para completar o cenário delicado, o jogador ainda contraiu a Covid-19, ficando afastado por um longo tempo, desfalcando o Tricolor em jogos importantes. Atualmente, o camisa 33 figura na reserva. 

Diante deste cenário, a permanência de Luiz Fernando era tida como praticamente descartada. Contudo, de acordo com informações do Diego Torre Bagé, o Tricolor após intervenção de Renato Gaúcho, pretende dar mais uma chance ao atacante em 2021.

No contrato feito realizado junto ao Botafogo, existe uma cláusula que possibilita a renovação de vínculo. Caso queira ficar com o jogador de forma definitiva, o Tricolor teria que desembolsar cerca de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 10 milhões na cotação atual).  

Palavra do vice

Nesta semana, o vice-presidente de futebol do Imortal, Paulo Luz, desconversou quando foi questionado sobre o futuro de Luiz Fernando, e afirmou que o futuro do atleta só será definido após o término das competições. 

“Estamos totalmente concentrados na reta final da temporada. Nenhuma negociação ou tratativa de renovação contratual será iniciada antes da final da Copa do Brasil. Após o término da competição, vamos sentar e iniciar as conversas (…) Luiz Fernando tem dispositivo contratual que nos possibilita a extensão do vínculo, de forma unilateral, até o fim de 2021”, disse o dirigente gremista.

Além de brigar na parte de cima da tabela no Campeonato Brasileiro, o Grêmio é finalista da Copa do Brasil 2020. O Tricolor dos Pampas enfrentará o Palmeiras na grande decisão do torneio. A princípio, os jogos estão marcados para os dias 3 e 10 de fevereiro. Contudo, podem sofrer alterações caso o Verdão seja campeão da Copa Libertadores. 

Publicidade
Publicidade