in

Mas já? Destaque do Grêmio tem venda encaminhada para gigante europeu e pode perder final da Copa do Brasil

Lucas Uebel - Divulgação - Grêmio
Publicidade

Principal referência no Grêmio após a saída de Everton Cebolinha, que foi negociado junto ao Benfica, o jovem Pepê se firmou de vez na equipe de Renato Gaúcho. Em alta, o jogador já despertou interesse de gigantes do futebol no Velho Continente, e aparenta estar cada vez mais próximo de dar adeus ao torcedor do Imortal. 

Garantido na finalíssima da Copa do Brasil após superar o São Paulo, o Tricolor gaúcho terá pouco mais de um mês para os preparativos da decisão contra o Palmeiras, que ocorre no início de fevereiro, tendo como datas 3 e 10. Diante deste cenário, Pepê pode perder os dois confrontos mais importantes para o clube na atual temporada, caso o Verdão fique com o título da Copa Libertadores.

No cenário normal, Pepê teria ao menos condições de jogar o embate de ida. Mas se o alviverde faturar o torneio continental, o primeiro jogo da final da Copa do Brasil frente ao Grêmio deve ser remarcado.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

De acordo com o jornalista Alex Bagé, Pepê tem venda encaminhada para o Porto, de Portugal, por cerca de 18 milhões de euros. Sendo assim, o jovem talento gremista já estaria na Europa, tendo em vista que a janela do futebol português se encerra no dia 4 de fevereiro. 

Pacto?

Na contramão de Bagé, o jornalista João Batista Filho afirmou que o presidente Romildo Bolzan e o atacante já fizeram um pacto. O mandatário do Imortal afirmou que não colocaria nenhum empecilho para liberar o atleta em janeiro, se o atleta ficasse até o primeiro semestre do ano passado. Como isso aconteceu, Bolzan cumprirá sua palavra. A negociação envolvendo Pepê renderá cifras milionárias aos cofres gremistas.

Publicidade
Publicidade