in

Ídolo do futebol morre por complicações da Covid-19

Folha Vitória

Ídolo do Coritiba, Cléber Arado, não resiste à Covid 19 e morre aos 48 anos após sofrer com as complicações da doença.

Na madrugada deste sábado, 2 de janeiro, Cléber Arado, um dos maiores jogadores que já passou Coritiba, morreu em Curitiba (PR), por complicação da Covid 19. O ex-craque estava internado desde 29 de novembro no Hospital Reabilitação.

Nascido em São José do Rio preto, interior de São Paulo, Cléber Arado jogou no Coritiba entre os anos de 1997 e 2000, marcando 45 gols em 85 partidas. Com a camisa do time, o atleta foi responsável por quebrar um jejum de dez anos ao clube, que estava sem títulos.

Sol Sene se despede do marido com lindo texto no Facebook

Após a morte do jogador, a esposa dele, Sol Sene, postou uma mensagem no Facebook com uma linda mensagem. Nela, Sol disse que hoje foi o dia mais triste da vida dele, pois foi o dia em que perdeu o amor de sua vida.

A viúva do ex-atleta afirmou não querer dar a notícia do falecimento dele, pois essa seria a pior notícia de todas. A viúva também enfatizou que ele foi para o céu a pedido de Deus, pois ele queria pessoas boas como ele ao seu lado.

Jogadores do Coritiba fazem homenagem para Arado

Sol disse estar muito grata por ter tido a oportunidade de viver ao lado de seu marido. Além disso, ela agradeceu a todas as orações e carinho que foram dados ao marido. No último dia 19 de dezembro, os jogadores do Coritiba prestaram uma homenagem ao ex-atleta.

Hoje é sem dúvida alguma o dia mais triste e mais dolorido da minha vida.Essa é a notícia que eu nem nos meus piores…

Posted by Sol Sene on Saturday, January 2, 2021

No início da partida contra o Botafogo, válida pelo Campeonato Brasileiro, os jogadores entraram com uma faixa de apoio a Cléber, que não teve sorte e acabou sendo mais uma vítima da doença que mais matou em 2020. Ainda não se tem informações sobre o velório e o enterro do atleta.

Avatar

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.

Next post

Ano começa agitado no Corinthians, que não renova com seis jogadores

Guerra se despede da torcida e deixa dívida milionária para o Palmeiras pagar