in

De malas prontas? Romildo Bolzan comenta sobre possível saída de Pepê; atitude do jogador preocupa torcida

Radar Esporte/Grêmio FBPA
Publicidade

Após ter vencido o duelo de ida em Porto Alegre, o Grêmio segurou o São Paulo nesta quarta-feira (30), no Morumbi, e o empate em 0 a 0 garantiu a equipe na grande final da Copa do Brasil, tendo como adversário o Palmeiras na decisão, marcada para fevereiro. 

Após a classificação em solo paulista, o presidente Romildo Bolzan falou sobre alguns assuntos que estão em alta no clube, entre eles uma possível saída do atacante Pepê, grande destaque na equipe, que vem sendo especulado no Velho Continente.

Na última semana, o jornalista André Hernan, do Grupo Globo, informou que o Real Madrid está de olho no talismã do Tricolor desde quando ele disputou o pré-olímpico com a Seleção Brasileira em fevereiro de 2020. Ainda segundo o jornalista, o time merengue prepara uma oferta milionária para fechar a negociação. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Em entrevista à Rádio GreNal, Bolzan afirmou que, oficialmente, o Imortal ainda não recebeu nenhuma proposta pelo atacante. Contudo, disse que se o jogador de fato for sair, isso só ocorrerá no final do próximo mês.

“Se o Pepê sair, se tiver proposta, ele vai sair no final de janeiro. Mas não temos proposta, não temos solicitação, não temos clubes interessados oficialmente, mas vamos aguardar. O Pepê é extremamente importante”, disse Romildo Bolzan.

Última dança?

Na resenha com os companheiros após a classificação diante do São Paulo, o atacante Pepê teve uma postura, que muitos entenderam como um possível adeus ao Imortal.

“The last dance, finish. Fiz minha parte”, afirmou Pepê ao lado de Jean Pyerre, dando sequência a uma alfinetada que Matheus Henrique fez para o arquirrival Internacional. 

Publicidade
Publicidade