in

Perícia contratada pelo Bahia indica que Ramírez não chamou Bruno Henrique, do Flamengo, de negro

Imagem: TV Globo
Publicidade

O Bahia contratou peritos para analisar imagens do jogo contra o Flamengo e chega a conclusão que não teve nenhuma ofensa racial por parte de Ramirez contra Bruno Henrique.

O Bahia declarou nesta quarta-feira, 23 de dezembro, que os peritos contratados para avaliar as imagens da suposta ofensa racial contra jogador do Flamengo, que havia dito ter sido chamado de negro, não acusou nenhuma ofensa desse tipo.

Portanto, Ramirez, jogador do Bahia, acusado de ter disparado a ofensa contra o atleta do Flamengo, não teria cometido nenhuma ofensa racial. De acordo com a apuração feita pela perícia contratada pelo clube baiano, o jogador não disse seu negro.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Especialista não viu nem ato de racismo da parte de Ramirez

Na imagem, segundo os especialistas, fica claro que ele questiona quanto está o jogo para o camisa 27 do rubro-negro. Toda a discussão entre os jogadores ocorreu aos vinte minutos do segundo tempo. Na ocasião, o Bahia vencia a competição por 3 a 2.

O final da partida, válida pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro, ocorrida no último domingo, acabou virando a favor do time carioca, que fez 4 a 3. Após a derrota, Gerson, atacante do Flamengo, afirmou que Ramirez teria dito para Bruno calar a boca, mas em tom pejorativo, pois fez questão de falar a palavra negro no final.

Gerson lamentou a situação com Ramirez

Após a acusação, Ramirez também se defendeu e gravou um vídeo, no qual dizia ter sido vítima também, pois foi xingado de gringo pelo jogador Bruno Henrique, que soltou um palavrão na palavra seguinte.

Na entrevista divulgada ontem pela TV do Flamengo, Gerson lamentou que situações de preconceito ainda sejam muito comuns nos dias de hoje, quando deveriam ser repudiadas, além de garantir que jamais inventaria algo tão grave.

Publicidade
Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.