in

Flamengo afirma que Ramirez cometeu racismo, pois tem prova analisada por especialistas

Reprodução TV Globo
Publicidade

Flamengo avisa que especialistas analisaram falas de Ramirez e detectaram racismo por parte do jogador.

No fim da tarde desta terça-feira, 22 de dezembro, Rodrigo Dunshee, vice-presidente Geral e Jurídico do Flamengo, afirmou que o clube pediu que o vídeo de Ramirez e Bruno Henrique fosse analisado pelo Instituto de Educação de Surdos (INES).

Segundo o dirigente, foi apontado que o jogador do Bahia cometeu racismo contra o atleta do Flamengo. A informação será usada como prova e deverá ser apresentada ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) e a polícia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Rodrigo postou a suposta prova de racismo cometida por Ramirez

Rodrigo chegou a publicar o vídeo em sua rede social para comentar o fato. Mais cedo, Gerson, que havia prestado depoimento na Decradi (Delegacia de Crime Raciais e Delitos de Intolerância), no Centro do Rio de Janeiro.

Dunshe acompanhou o atacante até o local, onde entregou o áudio e vídeo nas mãos das autoridades competentes. Uma das estratégias usadas pelos dirigentes do Flamengo foi verificar tudo que foi gravado no estádio.

Flamengo postou vídeo de Gerson falando sobre seu depoimento

Mas segundo uma apuração feita pelo portal do UOL Esporte, nenhum deles apresentou a suposta ofensa de Ramirez contra Gerson com clareza. Em vídeo divulgado pelo Flamengo, o jogador falou sobre o depoimento que estava prestes a dar na delegacia.

O jogador lamentou o episódio e disse que estava indo ao local não por ele, mas por sua família, pelos amigos e por todos os negros que existem no mundo. O rapaz ainda agradeceu poder ter o privilégio de falar sobre o assunto, que é cada vez mais necessário ser discutido.

Publicidade
Publicidade
Rômulo NC

Escrito por Rômulo NC

Ator, youtuber e redator, Rômulo N.C é formado pela casa de artes cênicas Recriarte e sempre atuou como escritor de diversos sites.