in

Retorno de Mano Menezes é cogitado no Corinthians; superintendente do Timão se pronuncia

Vinnicius Silva - Cruzeiro - Divulgação
Publicidade

Duílio Monteiro Alves ganhou a eleição presidencial do Corinthians neste ano. Desta forma, o futuro mandatário alvinegro não quer perder tempo e está trabalhando firme para deixar o clube mais forte na próxima temporada.

Neste ano, o Timão decepcionou seus torcedores. O Timão estava na parte de baixo da tabela de classificação do Campeonato Brasileiro, mas agora vem reagindo na competição e a torcida volta a acreditar em resultados melhores.

A melhora do Corinthians no Brasileirão se deve muito à chegada de Vagner Mancini. Ele deixou o Atlético-GO para assumir o comando técnico alvinegro, com a missão de afastar a equipe da zona de rebaixamento.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Mesmo com seu bom trabalho, Mancini ainda não tem situação definida para 2021. Com isso, o nome de Mano Menezes começou a ser especulado no Timão. No entanto, o superintendente alvinegro tratou de negar essa possibilidade.

“Entendo que ele tem história com a gente, e respeito isso, mas existem valores que são mais importantes do que qualquer resultado em campo”, disse José Colagrossi, que foi o escolhido por Duílio para ser superintendente de marketing, comunicação e inovação.

Em sua fala nas redes sociais, Colagrossi se referiu ao comportamento de Mano Menezes diante do ato de racismos envolvendo o colombiano Índio Ramirez, do Bahia, com Gerson, do Flamengo. O ato ganhou muita repercussão.

Antes de Vagner Mancini aceitar o convite para treinar o Corinthians, Mano Menezes tinha grandes chances de retornar ao clube. No entanto, ele optou por aceitar comandar o Bahia, mas não obteve muito sucesso.

Mano fez história no Timão, sendo muito conhecido por seu esquema tático retrancado. Mesmo sob críticas e elogias, ele conquistou Copa do Brasil e Paulistão. Foram 248 jogos, com 136 vitórias, 64 empates e 48 derrotas.

Caso Vagner Mancini não continue no comando do Corinthians na próxima temporada, o nome de Mano Menezes está praticamente descartado. Pelo menos é o que deixou a entender o superintendente do Timão.

Publicidade
Publicidade
Vinicius Araújo

Escrito por Vinicius Araújo

Redator i7 Network - Notícias do mundo do futebol.