in

Neymar se posiciona sobre caso de racismo contra o flamenguista Gerson

Instagram Neymar / Alexandre Vidal - Flamengo

Gerson deixou a partida do Flamengo contra o Bahia, disputada na noite deste domingo (20), no Estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro, em jogo válido pelo Campeonato Brasileiro. O Fla venceu por 4 a 3, de virada, mas o lance envolvendo o volante e Índio Ramírez monopolizou as atenções.

Após a partida, Gerson desabafou e disse que tinha sido chamado de “negro” pelo jogador do Bahia. O caso repercutiu na imprensa e nas redes sociais. Ramírez foi afastado pela diretoria do Tricolor de Aço e a diretoria do Flamengo está dando todo apoio a Gerson.

Nas redes sociais, muita gente se posicionou ao lado do volante rubro-negro, inclusive o craque Neymar. O jogador do Paris Saint-Germain e da seleção brasileira postou uma foto do volante flamenguista e legenda: “Say no to racism” “Diga não ao racismo” na tradução literal.

Nos últimos anos, Neymar tem se engajado mais em causas como a luta antirracismo. O atleta tem se posicionado com firmeza nestes casos. Em setembro, Neymar viveu um episódio assim na pele e não deixou barato ao confrontar o jogador Álvaro González, que teria sido racista na partida entre Paris Saint-Germain e Olympique de Marselha, jogo válido pelo Campeonato Francês.

Pela Liga dos Campeões, há duas semanas, o atacante foi um dos que liderou o motim na partida entre PSG e Istambul. Após um membro da comissão técnica do time turco ter sido vítima de racismo por parte do quarto árbitro, as duas equipes decidiram deixar o campo e não continuaram a partida. O jogo foi disputado no dia seguinte. 

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Presidente do Corinthians está de olho em joia e pode dar chapéu no rival Palmeiras; torcida se agita

Retorno de Mano Menezes é cogitado no Corinthians; superintendente do Timão se pronuncia