Problemas à vista: Grêmio pode ter até oito desfalques para duelo decisivo contra São Paulo; quem fica de fora?

TV Grêmio
Publicidade

Após o empate em 1 a 1 diante do Sport, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Brasileiro, o Grêmio volta todas as suas atenções para o duelo decisivo frente ao São Paulo, nesta quarta-feira (23), em confronto de ida das semifinais da Copa do Brasil. Para o embate, o técnico Renato Gaúcho tem uma vasta lista de desfalques que pode “inchar” ainda mais.

Até o momento, a comissão técnica já está consciente que seis jogadores não terão condições de jogo contra o Tricolor paulista. A relação, no entanto, pode aumentar dependendo das avaliações que o departamento médico fará até a véspera do duelo. 

O trio que ainda aguarda o aval do DM é formado por Maicon, David Braz e Paulo Miranda. Todos apresentam quadro de desconforto muscular. Os dois primeiros, se recuperados, poderão retomar a condição de titular. 

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Cinco atletas já são baixas certas. Alisson está em tratamento final de uma lesão no tornozelo, Orejuela está tratando uma lesão no músculo posterior de coxa. Dos dois apenas o atacante poderá retornar para o embate de volta, marcado para a capital paulista no dia 30 deste mês. 

Além dos dois problemas por lesão, o Tricolor ainda terá mais três baixas por atletas que não podem ser escalados: Pinares, que não chegou a tempo de regularização, enquanto Robinho e Luiz Fernando ficam fora por já terem defendido outra equipe no torneio. 

Possível escalação

Com dois treinamentos à disposição antes do embate decisivo, Renato Gaúcho deve montar a equipe Tricolor com a seguinte escalação: Vanderlei; Victor Ferraz, Geromel, Kannemann (David Braz) e Diogo Barbosa (Cortez); Matheus Henrique, Darlan (Maicon), Ferreira, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza.

Publicidade
Publicidade