in

Ceni muda de opinião e pode escalar ‘xodó’ da torcida entre os titulares em decisão da Libertadores

Reprodução: SporTV

Depois de dias intensos com jogos e longas viagens, o Flamengo enfim terá tempo suficiente para treinar projetando seu próximo desafio na temporada. Diante do adiamento do confronto contra o Grêmio pelo Brasileirão, o técnico Rogério Ceni tem a semana cheia para projetar e se preparar para o duelo de volta contra o Racing, pelas oitavas da Libertadores, que ocorre na terça-feira (01), no Maracanã.

Para o jogo em questão, o Flamengo vive a expectativa de poder contar com atletas que estão entregues ao departamento médico, entre eles Isla, Pedro e Rodrigo Caio. O lateral-direito chileno, no entanto, tem o quadro mais delicado e dificilmente estará em campo.

Diante desta situação, o técnico Rogério Ceni deve ter uma decisão diferente da tomada na Argentina, e pode escalar o jovem Matheuzinho no setor, visando uma postura mais ofensiva.

Homem surpresa

Tido como um xodó dos rubro-negros, o jovem iniciou a carreira como um ala, mas posteriormente acabou sendo deslocado para a lateral-direita. No quesito ofensivo, o atleta é muito talentoso e se mostra como boa opção para municiar os atacantes, figurando muitas vezes como homem surpresa na área adversária. 

A comissão técnica de Ceni enxerga essa possibilidade de escalar Matheuzinho principalmente pelo fato do Racing precisar sair para o jogo. Como o resultado do primeiro jogo foi 1 a 1, os rubro-negros jogam pelo 0 a 0, enquanto os argentinos até avançam com uma igualdade no tempo normal, mas esta tem que ser por dois tentos ou mais. 

Neste sentido, o jovem Matheuzinho pode ser um trunfo do Fla, editando parceria com Everton Ribeiro nos flancos do campo para poder liquidar o adversário em eventuais contragolpes. 

Next post

Libertadores: data, hora e como assistir ao jogo Guaraní x Grêmio ao vivo na TV e internet

Jogador do Flamengo é denunciado pela Conmebol e pode pegar gancho pesado