Após três partidas sem vencer no Galo, Sampaoli desabafa: ‘Tristeza grande’

Publicidade

O Atlético-MG estava vivendo uma excelente fase até o tropeço contra o Fluminense, há três rodadas atrás. O time mineiro empatou com o tricolor carioca e, desde então, tem perdido oportunidades de conquistar mais pontos. Essa foi a primeira vez nesta temporada do campeonato que o Galo cedeu o empate e, desde aí, veio uma derrota contra o Bahia e um novo empate, este contra o Sport de Recife.

O empate sem gols na casa do Atlético-MG fez com que Sampaoli viesse a público falar sobre o seu sentimento após não ter conseguido conquistar os três pontos dentro de casa. O argentino pontuou que o resultado é uma “tristeza muito grande” principalmente por considerar que o time não entregou os pontos e buscou o jogo de maneira ofensiva.

Ao todo, o Galo chutou 26 vezes ao gol. O Sport só conseguiu fazer três chutes. Outro ponto superior do Atlético foi o tempo com a bola no pé: foi 76% do tempo com a bola para os mandantes, mas não resultou em gol. Time com o melhor ataque no Brasileirão no momento, o Atlético pecou pela imprecisão e nervosismo, de acordo com Sampaoli.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

“Estamos atacando muito e não estamos produzindo tanto”, afirmou o professor. Além disso, o Sport estava muito bem resguardado no quesito defesa: o goleiro Lucas Polli teve grande atuação e segurou chutes certeiros vindos de Keno, Savarino, Nathan e Eduardo Sasha.

O técnico ainda afirmou que o time jogou com a intensidade de seis atacantes, mas que o time rival cresceu na defensiva, o que impediu que os gols saíssem.

No momento, a briga pela liderança está mais complicada, já que Internacional e Flamengo conseguiram abrir dois pontos de distância para o Atlético, que agora está em 3º na tabela.

Publicidade
Publicidade
I Feitosa

Escrito por I Feitosa

Escrevo sobre TV, famosos e entretenimento desde 2011.

A atenção nos detalhes é o que nos faz prosperar.