in

Renato deve promover mudanças no Grêmio e volta ao esquema de sucesso

Divulgação: Grêmio
Publicidade

O Grêmio não vive um momento que enche os olhos dos torcedores. O clube está bem na Copa Libertadores da América, não perde para o Internacional há 11 partidas, mas está longe de agradar aos torcedores, especialmente pelo desempenho no Campeonato Brasileiro.

Nas últimas partidas, Renato Portaluppi optou por jogar no esquema 4-1-4-1. O treinador tem colocado três volantes em campo. Um deles à frente da defesa (o primeiro 1 do esquema) e mais dois na linha de quatro homens no meio. Estes dois volantes têm liberdade para chegar mais à frente.

Em 2020, Renato escalou o Grêmio nesse esquema em oito partidas e alcançou 50% de aproveitamento. Foram três vitórias, três empates e duas derrotas. No Campeonato Brasileiro foram três jogos utilizando três volantes e nenhuma vitória.

Publicidade

Em 26 partidas, Renato escalou o time no 4-2-3-1 e o desempenho foi bem melhor, ultrapassando a marca de 60%. Neste esquema com dois volantes, o Imortal venceu 13 partidas, empatou oito e perdeu apenas cinco. No Brasileirão, foram nove partidas e 44,4% de aproveitamento.

Publicidade

Grêmio precisa de reforços

Sem negócio com Cavani, que foi para o Manchester United, o Grêmio segue em busca de reforços para Renato Portaluppi. Além do Campeonato Brasileiro, onde busca recuperação e tenta colocar nos primeiros colocados, o Imortal disputa também a Copa do Brasil e a Copa Libertadores. Daqui para frente, serão muitos jogos em sequência e o time precisa de elenco para dar conta de tantos compromissos importantes que virão pela frente. 

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Fernando Diniz perde Luciano para a próxima partida e tem 3 opções para o ataque

Caso Robson: após pedido de Felipe Melo, Bolsonaro entra na luta por justiça na Rússia