in

Grêmio abre conversa com árabes por Cuéllar; estágio da negociação é atualizado

Foto: Divulgação / Al Hilal FC
Publicidade

O colombiano Gustavo Cuéllar teve boa aprovação ao ser apresentado para a comissão técnica do Grêmio. A possibilidade do jogador chegar ao Rio Grande do Sul foi muito bem recepcionada, podendo ser um reforço importantíssimo para o setor de meio-campo, que carece de peças. Neste sentido, a diretoria do Tricolor Imortal chegou a fazer um contato pelo atleta, mas as conversas não avançaram.

Após passagem pelo Flamengo, Cuéllar segue atuando no futebol da Arábia Saudita. A conversa entre Grêmio e Al Hilal teve contornos de informalidade. Os brasileiros receberam como resposta o baixo interesse em liberar o atleta, uma vez que o colombiano vem apresentando um ótimo futebol no mundo árabe.

Publicidade

Publicidade

Diante desta resposta pouco animadora, o Grêmio não prosseguiu na negociação, e as conversas chegaram ao fim antes de iniciar de maneira oficial. Cuéllar possui contrato assinado até junho de 2023. Para tirá-lo do Flamengo, os árabes desembolsaram a quantia de R$ 34 milhões no meio da temporada de 2019.

A recusa pelo colombiano não implica dizer que o Grêmio desistiu de se lançar no mercado da bola em busca por um meio-campista com características defensivas. Nessa da linha, o Imortal esteve muito próximo de fechar com o Wellington, do Athletico, em uma eventual troca envolvendo a ida de Thaciano para o Furacão. O negócio melou pois o atleta do Grêmio não aceitou a troca.

A opção de momento na posição por parte de Renato Portaluppi tem sido Lucas Silva, Matheus Henrique e Darlan no meio-campo. Maicon também tem se apresentado como opção para a função. A lista se encerra com Lucas Araújo, vindo das categorias de base do clube, e que atuou na vitória sobre a Universidad Católica.

Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Com aprovação de Portaluppi, Grêmio abre conversas oficiais com o Palmeiras pela contratação de Scarpa

Raí dá cartada final após torcida pedir demissão de Diniz por conta da vexatória eliminação na Libertadores