in

Jogador do Galo aceita esperar o Santos resolver pendências para reforçar a equipe

Getty Images
Publicidade

O Santos segue sem poder reforçar a equipe, após punições impostas pela Fifa. Em dívida com o Hamburgo, da Alemanha, e o Huachipato, do Chile, o Peixe não pode atuar no mercado da bola no momento. Com os débitos em aberto, o alvinegro praiano recebeu duas penas – na última, o clube paulista foi proibido de registrar novos atletas nas próximas três janelas de transferências. 

Em nota, o time da Vila Belmiro afirmou que está trabalhando para acertar as dívidas com o Hamburgo e o Huachipato, e que a punição é válida apenas enquanto houver pendências.

O Santos Futebol Clube esclarece que a punição imposta pela Fifa será retirada imediatamente após a realização dos pagamentos aos respectivos clubes. A suspensão de três janelas, portanto, impede o Peixe de atuar no mercado somente enquanto existirem pendências“, publicou o clube, em seu site oficial.

Publicidade

Embora ainda não tenha resolvido os problemas extracampo, o Peixe está atento ao mercado da bola. Nomes como Elias, Robinho e Laércio chegaram a ser especulados no Alvinegro, mas o primeiro citado, por exemplo, preferiu não esperar e acabou fechando com o Bahia.

Publicidade

Jogador do Galo aceita esperar pelo Santos

Segundo informações da Gazeta Esportiva, um jogador do Galo aceitou esperar o Santos resolver as pendências para reforçar a equipe. Trata-se do volante José Welison, ex-Vitória. O esportista de 25 anos foi envolvido em uma troca pelo goleiro Everson, mas, com a punição da Fifa, o time da Vila ficou sem o atleta.

De acordo com o empresário André Cury, José Welison deve aguardar pelo desbloqueio do alvinegro praiano na Fifa. Outro que deve esperar pelo Santos é o zagueiro Laércio, ex-Caxias e Boa Esporte. 

Mercado da bola: ex-Grêmio, Giuliano entra na mira do Palmeiras

Flamengo x Del Valle no SBT terá Eliana como comentarista