in

Flamengo e Palmeiras se enfrentaram neste domingo em clima tenso

Publicidade

Em um jogo marcado por polêmicas fora do campo, onde só foi confirmado apenas 10 minutos antes do horário marcado, a equipe do Flamengo, desfalcada de seus principais jogadores por conta de casos confirmados de Covid-19, saiu atrás no placar (1×1) e conseguiu arrancar o empate na tarde deste domingo (27), no Estádio do Palmeiras – Allianz Parque.

Tudo começou por uma batalha nos tribunais, troca de farpas e acusações, que terminou com o TST (Tribunal Superior do Trabalho) deferindo em última instância o recurso da CBF e acatando o pedido da Confederação, autorizando assim a bola a rolar na partida entre as equipes.

Publicidade

O Flamengo já havia retornado ao hotel, mas teve que voltar às pressas para dar início ao jogo. Mesmo com o desfalque de 20 atletas e também sem seu comandante, o técnico espanhol Domènec Torrent, o time foi a campo comandado pelo auxiliar Jordi Guerreiro. A maioria da base foi escalada, e aposta veio com o meio-campo formado pelo uruguaio, Arrascaeta, Gerson e Thiago Maia. Na frente, o atacante Pedro, como principal referência.

Publicidade

O Palmeiras saiu na frente aos nove minutos do segundo tempo com a revelação do time, o volante Patrick de Paula, que soltou uma bomba desviando de Thiago Maia e enganando o goleiro Hugo na jogada. Após grande jogada de Arrascaeta, que vai até a linha de fundo e cruza na área, Pedro faz gol empatando o jogo e conquistando um ponto para os visitantes.

O grande destaque do jogo foi o jovem goleiro, Hugo Souza que já esteve no radar da seleção brasileira, sendo observado pelo técnico Tite. O jovem arqueiro teve grandes defesas e se mostrou bastante seguro, boa visão nas saídas de bola, ligando diretamente o time ao ataque.

Ao final do jogo, Felipe Melo disse em entrevista ao Globo Esporte que não foi um jogo normal e que o Flamengo não seguiu o protocolo: “fizeram uma sacanagem antes do jogo”.

As duas equipes vão a campo na próxima rodada, com o Palmeiras jogando no sábado (03/10), no Allianz Parque, às 19 horas contra a equipe do Ceará. Já o Flamengo enfrenta no domingo (04/10), no Maracanã, o Atlhetico Paranaense.

Com o resultado, Palmeiras fica com 19 pontos e o Flamengo com 18. Já o Atlético Mineiro sai na frente abrindo distância na primeira colocação com 24 pontos.

Publicidade

Será que o Grêmio aceitaria? Neto não perdoa e pede que Luan seja devolvido ao Imortal

Com medo do Flamengo? Atlético-MG pede exclusão do Rubro-Negro no Brasileirão e vira piada na web