in

Sem Luciano e Pablo, São Paulo deve outro centroavante contra o River Plate

Divulgação São Paulo
Publicidade

O São Paulo recebe o River Plate, no Estádio do Morumbi, na próxima quinta-feira (17), em partida válida pela Copa Libertadores da América. O jogo é válido pela terceira rodada do grupo. A Libertadores volta oficialmente hoje depois de um período de seis meses de paralisação devido à pandemia de coronavírus.

No primeiro jogo no retorno da competição, o time de Fernando Diniz terá uma partida dura pela frente e precisa da vitória sobre os argentinos para não se complicar na competição. A grande dúvida de Diniz diz respeito ao setor de ataque. Luciano não jogará.

A sensação do time no momento está fora porque foi suspenso quando defendia o Grêmio. O jogador se envolveu em confusão generalizada no Gre-Nal que teve oito jogadores expulsos – quatro de cada equipe. Sem Luciano, Pablo seria o titular, mas aí há outro problema.

Publicidade

O departamento médico do clube não sabe ainda se o jogador estará à disposição. Caso não esteja, Diniz deve escalar Brenner como centroavante na partida contra os argentinos. O jogador revelado pelo clube foi bem nas últimas partidas que entrou e ganhou moral com o gol da vitória sobre o Corinthians, no Brasileirão.

Publicidade

“Eu espero que ele não faça falta. Não dá para pensar no Luciano agora, a gente não sabe quem vai entrar. Não sabe se o Pablo vai ter condição de jogar na quinta. A gente tem é que acreditar que aquele jogador que entrar vai suprir a falta do Luciano. Não dá para ficar pensando em quem não vai jogar. Eu quero acreditar, e acredito sempre, que aqueles que vão entrar possam fazer uma grande partida e nos ajudar na quinta-feira”, disse Fernando Diniz. A torcida também espera que quem entrar supra a ausência de Luciano.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Giuliano diz se vai voltar ao Grêmio e cita ‘acidente’ no Al-Nassr

Neto indica melhor opção para o comando do Corinthians, mas torcedores discordam