in

Giuliano diz se vai voltar ao Grêmio e cita ‘acidente’ no Al-Nassr

Divulgação Grêmio
Publicidade

O nome do atacante Giuliano foi bastante comentado no Grêmio nos últimos dias. O jogador, que passou pelo clube entre 2014 e 2016, atualmente defende o Al-Nassr, da Arábia Saudita. Em 2016, ele deixou o Imortal para defender o Zenit, da Rússia.

A possível contratação de Giuliano animou parte da torcida do Grêmio, que apoiava a sua chegada. Através de sua assessoria de imprensa, o atacante falou sobre a saída da Arábia Saudita e deixou clara sua situação de momento no futebol do oriente médio.


“Pessoal, ouvi muitos boatos dizendo que vou deixar essa temporada, mas gostaria de esclarecer que tenho mais um ano de contrato e quero ficar”
, disse o jogador, jogando um imenso balde de água fria em quem esperava seu retorno ao futebol brasileiro ainda neste ano.

Publicidade

Em seguida, Giuliano citou um “acidente”. “Até o clube está tão feliz com minha decisão que cancelou meu visto de saída. Acidentalmente. Então para vocês que puderam sair de férias aproveitem! Vejo você em Riyad em alguns dias”, finalizou Giuliano por meio da assessoria.

Publicidade

Grêmio segue em busca de reforços

Depois da chegada de Everton, envolvido em troca com o São Paulo, e de Diogo Barbosa, o Grêmio segue em busca de novos reforços. Além de Giuliano, outro jogador que teve o nome ligado ao Tricolor foi o uruguaio Edinson Cavani. O uruguaio não comenta o assunto e a diretoria do Imortal negue que a contratação será feita devido ao alto valor.

Renato Portaluppi não esconde de ninguém que quer mais um centroavante. Atualmente, apenas Diego Souza joga nessa posição. A contratação de um volante também não é descartada pelo treinador. O Grêmio tem jogos decisivos pela frente até o mês de fevereiro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Grêmio completa 117 anos nesta terça e Renato fala em presente nível Cavani

Sem Luciano e Pablo, São Paulo deve outro centroavante contra o River Plate