in

Giuliano não deve ficar no Al-Nassr, Grêmio se anima, mas ganha concorrência brasileira

Divulgação Grêmio
Publicidade

O Grêmio é o clube brasileiro que mais tem movimentado as informações do mercado da bola. O clube gaúcho estaria interessado em Giuliano e pode contratar o jogador em breve. Giuliano já jogou no Imortal, entre 2014 e 2016, e pode estar de volta em breve, para alegria da torcida gremista.

O jornalista André Galvão, da Rádio Transamérica, informou que além do Grêmio, o Palmeiras também interesse no atleta. Clubes turcos também estariam de olho no jogador brasileiro. Giuliano defende o Al-Nassr, da Arábia Saudita, mas não terá o contrato renovado.

Giuliano defendeu o Grêmio em 108 partidas e marcou 18 gols. Ao se destacar, foi vendido para o Zenit, da Rússia, por R$ 22 milhões. Atualmente, seu valor de mercado é bem maior. Os direitos econômicos do jogador estão avaliados em 11 milhões de euros (aproximadamente R$ 69 milhões na cotação atual). As informações são do site Transfermarkt. 

Publicidade

É muito dinheiro, mas se ele estiver sem contrato, sairia de graça. Este cenário seria animador para o Grêmio. O desempenho de Giuliano na última Liga Árabe foi bom: ele marcou 11 gols e deu assistências na competição. Recentemente, o Al-Nassr contratou Pity Martínez para a posição de Giuliano, o que aumentou o rumor de que o brasileiro está de saída.

Publicidade

Se decidir voltar ao Brasil e ao Grêmio, Giuliano deve ser recebido de braços abertos. O time de Renato Portaluppi tem jogos importantes pela frente no Campeonato Brasileiro, Copa do Brasil e também na Copa Libertadores da América. Serão muitos jogos decisivos em sequência. Tem um elenco qualificado será muito importante.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Após ser xingado por Fernando Diniz, Luciano se posiciona e diz o que pensa

Luan de volta? Torcida do Grêmio pede retorno do ‘reizinho’