in

Diretoria do Grêmio nega contratação de Cavani e atacante vira assunto no Inter

Getty Images
Publicidade

A diretoria do Grêmio mantém a postura em relação ao atacante uruguaio Edinson Cavani. De acordo com os dirigentes do Imortal, não há nenhum negócio com o jogador. Romildo Bolzan, presidente do Grêmio, revelou que conversou com o staff do atleta, mas o negócio é inviável.

Nesta sexta-feira (11), o jornalista Leonardo Meneghetti participou do programa Os Donos da Bola, da TV Bandeirantes, e reafirmou o que já havia dito em seu canal no Youtube: a contratação de Cavani pelo Grêmio virou assunto até mesmo no arquirrival Internacional.

Meneghetti disse que conversou com um dirigente do alto escalação do Colorado. Segundo o jornalista, Cavani é assunto nos bastidores do Inter. Segundo ele, o fato do Inter ter muitos estrangeiros colabora para a disseminação de algumas informações.

Publicidade

“O assunto Cavani é recorrente nos bastidores Beira-Rio, possivelmente pelo Inter ser o time mais estrangeiro do futebol brasileiro. Tem uma comissão técnica argentina e esse mercado se comunica muito. E a informação que obtive com um dirigente que conversei é de que, para o Inter, o Cavani vai fechar com o Grêmio. O Cavani será jogador do Grêmio ainda em 2020“, comentou Meneghetti.

Publicidade

O Grêmio segue negando o negócio e Cavani também não fala sobre o assunto. O atacante uruguaio está sem clube desde que encerrou seu contrato com o Paris Saint-Germain. A chegada de Cavani ao Grêmio seria uma das maiores contratações da história do futebol brasileiro e movimentaria o mercado da bola em todo o país. Cavani, porém, ainda tem espaço na Europa.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Neto não perdoa Tiago Nunes após derrota para o Palmeiras e cita até salário do treinador

Igor Gomes fala pela primeira vez sobre polêmica entre Fernando Diniz e seu empresário