in

Atacante colombiano entra na mira do Grêmio e reunião é realizada

Divulgação Grêmio / Divulgação América de Cali
Publicidade

O Grêmio está busca de um atacante. Não é segredo para ninguém que Renato Portaluppi quer um jogador para este setor e a diretoria tem se empenhado para buscar um atleta para a posição. Atualmente, Diego Souza é o centroavante do Imortal. 

No momento, o nome ventilado dentro do Grêmio é Michael Rangel, do América de Cali, da Colômbia. A informação foi divulgada pelo jornalista Cirto Götz, da Rádio Pachola. Rangel foi oferecido ao Imortal. O atleta tem 29 anos, 1,86 metros de altura e condições de brigar pela vaga de titular na equipe de Renato.

Michael Rangel atuou contra o Grêmio na Copa Libertadores deste ano. O jogo contra o América de Cali ocorreu antes da paralisação da competição sul-americana devido à pandemia do coronavírus. Os clubes voltarão a se enfrentar. Resta saber de qual lado Michael Rangel estará jogando.

Publicidade

O empresário do atleta confirmou que o atacante foi sugerido ao Grêmio. Os representantes do atleta foram recebidos pela diretoria gremista, que não confirmou nem descartou a contratação. O negócio segue em aberto. Os números de Michael Rangel no América são bons.

Publicidade

Ele chegou ao clube em 2019. Ao todo, soma 31 partidas e 18 gols. Antes do América de Cali, Michael Rangel jogou por Once Caldas, Santa Fé, Atlético Nacional, Envigado, Alianza Petrolera, Millonários e Junior Barraquilla, todos times colombianos. Fora do país, atuou pelo Kasimpasa, da Turquia. Jogar no Grêmio, um dos grandes times do Brasil, seria um passo importante na carreira do atleta que pode estar caminhando para a reta final nos gramados.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Galvão Bueno estreia como garoto-propaganda em campanha de patrocinador do Corinthians

Thaciano está muito próximo do Santos e Renato Portaluppi toma decisão