in

Thaciano diz ‘sim’ ao Santos e Grêmio aceita vender o jogador; valores milionários são postos sobre a mesa

Lucas Uebel/Grêmio FBPA
Publicidade

Informações apuradas pelo jornalista Jorge Nicola apontam para caminhos positivos ao negócio entre Santos e Grêmio por Thaciano. De acordo com ele, o atleta já deu o seu sim para o Alvinegro Praiano, e estaria no aguardo das tratativas finais entre ambas as diretorias para embarcar rumo à Baixada Santista.

A mesma fonte alega que ainda não existe um acordo quanto aos valores tratados por Thaciano. José Carlos Peres, presidente do Peixe, estaria disposto a abrir os cofres do clube e desembolsar a quantia de 1,5 milhão de euros (cerca de R$ 9,4 milhões na atual cotação) para contar com o jogador gremista em seu elenco.

Em contrapartida, Jorge Nicola alega que a diretoria do Tricolor Imortal, capitaneada pelo presidente Romildo Bolzan Júnior, estaria a exigir pagamentos na casa dos 2 milhões de euros, valor próximo a R$ 12,5 milhões na cotação de momento. Diante do impasse existente, espera-se que as conversas entre as duas diretorias devam se intensificar no decorrer dos próximos dias.

Publicidade

O presidente do Santos anda sofrendo forte pressão por parte da torcida e dos conselheiros do clube. A fim de acalmar os ânimos, Peres compreende a necessidade da vinda de reforços para o sistema ofensivo. Neste cenário, o meio-campista do Grêmio surgiu como opção ideal.

Publicidade

Além de Thaciano, o presidente do Santos também se mantém alinhado pela chegada de outros dois reforços: Elias, que já vem treinando, mas espera que o Peixe consiga ser autorizado a inscrever novos jogadores no BID da CBF para ser integrado ao elenco do treinador Cuca; e Matheusinho, pertencente ao América-MG, com negociações bastante avançadas.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Renato Portaluppi ironiza fase do Grêmio e alfineta o Flamengo: ‘Crise de títulos, essa é a nossa crise aqui’

Vídeo: Fernando Diniz ‘descasca’ jornalistas em coletiva de imprensa e defende jogadores criticados