in

Recomeço: o círculo vicioso de Bruno em suas tentativas de voltar aos campos, após condenação por feminicídio

Foto Reprodução/ O Globo
Publicidade

Bruno Fernandes, de 35 anos, passou sete anos na prisão por ter sido condenado pelo assassinato de Eliza Samudio. De volta aos gramados após anos afastado, o goleiro retomou sua carreira pelo clube Rio Branco, do Acre. A posição de goleiro permite que o atleta tenha mais longevidade em campo, o que fez com que Bruno pudesse retomar suas atividades. Porém, após ficar tanto tempo longe do futebol, junto à repercussão do caso Eliza Samudio, Bruno vem enfrentando dificuldades.

De acordo com o site UOL, boa parte dos ex-detentos que são visados na mídia encontram dificuldades para voltarem ao mercado de trabalho após deixarem a prisão. Segundo o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), apenas 18,9% deles conseguem retomar suas atividades devido ao estigma dos crimes cometidos.

O goleiro Bruno foi uma das exceções. Em 2014, mesmo antes de adquirir a progressão de sentença, foi contratado por vários clubes, que não chegaram fechar contrato com o jogador por pressão da população. Atualmente, Bruno faz parte do elenco do Rio Branco-AC, e está competindo a série D do Brasileirão.

Publicidade

Após o clube anunciar a possibilidade de contratação de Bruno, a treinadora do elenco feminino pediu demissão e o principal patrocinador do clube retirou seu apoio. Mesmo estando apto perante a lei para retomar sua profissão, o goleiro Bruno continua enfrentando retaliações dentro e fora dos gramados.

Publicidade

Por esta razão, o atleta enfrenta um círculo vicioso de tentativas de alcançar a sonhada estabilidade profissional. Em 2014, o goleiro perdeu na Justiça o direito de defender o time mineiro Montes Claros, que estava disputando a segunda divisão do campeonato estadual. Devido às retaliações sobre sua volta aos campos, Bruno poderá enfrentar o mesmo processo no clube atual.

Publicidade
Avatar

Escrito por Valeria Soares

Aqui você fica por dentro de tudo que acontece no mundo dos famosos e muito mais.

Next post

Com aval de Renato Portaluppi, Grêmio tenta tirar Gilberto do Bahia; baianos exigem mais de R$ 25 milhões

Reinier Jesus solta o verbo contra Domènec Torrent por deixar Everton Ribeiro no banco de reservas do Flamengo