in

Atacante do Santos, Marinho apavora torcedores: ‘encerrei os trabalhos’

Globo Esporte
Publicidade

Com tantas saídas de jogadores do futebol brasileiro nesta semana, parece que as torcidas dos clubes estão todas apavoradas com a possibilidade de perder algum atleta considerado bom. Até mesmo uma brincadeira consegue tomar proporções gigantescas e afeta os torcedores. 

Marinho prega uma peça com os torcedores do Santos que ficam apavorados

Foi o que aconteceu com o atacante do Santos, Marinho, sempre muito bem-humorado e reconhecido como ótimo jogador, o atacante fez a torcida do Santos cair em uma brincadeira daquelas. Ele utilizou o Instagram para postar uma foto com uma legenda que dizia: ‘encerrei os trabalhos’, sugerindo uma possível saída do clube.

Na legenda, o atacante santista diz que está fazendo o post para agradecer os companheiros, a comissão técnica e os torcedores do Santos pela parceria. Ele continua dizendo que encerrou os trabalhos aquele dia e agradece a todos pelo carinho. Quem leu só o início da postagem quase chorou, mas no final ele diz que estaria de volta no outro dia pela manhã.

Publicidade

De saída? Não! O atacante volta amanhã para mais um dia de treino

Marinho integra a equipe do Santos desde 2019, ela já havia passado pelo Grêmio, e tem contrato assinado com o clube até dezembro do ano 2022. Pelo Peixe, ele atuou em 33 jogos e marcou 12 gols. O próximo jogo do Peixe é contra o Internacional, na próxima quinta-feira (13 de agosto).

Publicidade

Depois do susto, os torcedores do Santos levaram na brincadeira a peça que Marinho pregou, afinal, ele já é conhecido pelo bom humor e por ser extremamente engraçado.

Publicidade
Avatar

Escrito por Tatiane Braz

Estudante, escritora e apaixonada pela verdade, tenho como meta levar a notícia de forma clara e real. Amo ler e percebo a cada dia que um mundo melhor se faz quando o conhecimento que adquirimos é colocado em prática. Faça contato comigo: tatianebraz1998@gmail.com

Renato Gaúcho comemora 10 anos de sua estreia no Grêmio e pode bater recorde

Sindicato de Atletas de SP ameaça ir à Justiça pedir paralização do Campeonato Brasileiro