in

Após contratação do goleiro Bruno Fernandes, treinadora do time feminino do Rio Branco-AC se demite

Imagem meramente ilustrativa (Divulgação/Poços de Caldas FC)
Publicidade

Rose Costa, treinadora do time feminino do Rio Branco-AC, pediu demissão após a notícia de que o clube fechou contrato com o goleiro Bruno Fernandes, ex-Flamengo e condenado pela morte da modelo Eliza Samudio. Ela revela mágoas com a diretoria por conta da decisão, afirmando que sua ética profissional não lhe permitiria compactuar com a decisão.

Ex-treinadora fala em decisão unilateral

Em entrevista ao portal BHAZ, Rose Costa lamenta a maneira como foi realizada a contratação de Bruno Fernandes. Ela salienta ter sido uma decisão unilateral do presidente, sem qualquer tipo de consulta aos demais gestores do clube, tampouco ao clamor vindo da torcida.

“Sou profissional de Educação Física há mais de 30 anos, sei que o esporte de rendimento –principalmente o futebol– tem uma conotação importante de formação cidadã. O atleta não é um mero profissional, ele é um exemplo para a sociedade, para os jovens. E como um homem que cometeu um crime bárbaro como esse pode ser exemplo para alguém?”, questiona.

Publicidade

Presidente do Rio Branco-AC comemora contratação

Publicidade

Pelo Instagram oficial do clube, o presidente Neto Alencar comemora a contratação de Bruno Fernandes. Ele define o acordo como o maior e mais importante de toda a história do Rio Branco-AC. No mesmo dia em que o vídeo foi publicado nas redes sociais, Rose pediu demissão.

Bruno segue cumprindo pena em regime semiaberto domiciliar na cidade de Varginha, em Minas Gerais. Ele vem treinando há semanas, mesmo durante a pandemia do novo coronavírus. Pela morte de Eliza Samudio, foi condenado a homicídio triplamente qualificado.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Next post

Atlético-MG confirma chegada de mais um reforço do exterior

Benfica põe sobre a mesa o valor que deverá ser ofertado ao Grêmio por Everton Cebolinha; negociações avançam