in

Após saída de patrocinador, presidente de clube toma decisão polêmica sobre contratação do goleiro Bruno

UOL
Publicidade

Afastados dos gramados desde o assassinato da modelo Eliza Samudio, onde foi julgado e condenado por ordenar o crime, o goleiro Bruno tenta desde o último ano retornar ao futebol. No último fim de semana, o presidente do Rio Branco, clube da primeira divisão do Acre, anunciou um princípio de acerto com o jogador. A decisão do mandatário foi amplamente criticada nas redes sociais, e teve declínio de um patrocinador.

A exemplo do que ocorreu com outros clubes em que o goleiro foi cotado, torcedores e moradores protestaram nas redes sociais. Mesmo diante de todo este cenário, o presidente do Rio Branco, Valdemar Neto fez questão de manter sua palavra, e em entrevista ao “Sport Manaus” cravou que não desistirá da contratação do goleiro.

Valdemar minimizou o fato de Bruno ter sido condenado pelo assassinato de Eliza Samudio, e fez questão de elogiar o potencial do atleta, mesmo diante do fato dele não atuar no futebol profissional há 10 anos. Além da saída de um dos patrocinadores, a técnica do futebol feminino do clube entregou o cargo quando tomou conhecimento de uma possível chegada de Bruno.

Publicidade

“Nem Jesus agradou todo mundo, não vai ser eu e nem o Rio Branco, enfim, quem liberou o Bruno foi o Ministério Público e a Justiça. Não tem a mínima possibilidade de desistirmos da contratação, a não ser que ele não queira vir e aí o problema dele. O Rio Branco está com pré-contrato firmado com o goleiro” disse Valdemar.

Publicidade

A ideia na contratação

Segundo Valdemar, a iniciativa do Rio Branco em buscar a contratação de Bruno partiu através de uma amizade que o mandatário e atleta possuem em comum no Rio de Janeiro. A ideia foi amadurecendo e avançou nos últimos meses, até o anúncio feito no último fim de semana.

Publicidade
Next post

David Braz quebra o protocolo em coletiva do Grêmio e provoca o Inter após reclamações por ‘gramados ruins’

Palmeiras x Santo André: como assistir o duelo que vale vaga nas semis do Paulistão