in

Técnico do Santos faz críticas à CBF

Guilherme Dionízio/Estadão Conteúdo
Publicidade

Técnico do Santos, Jesualdo Ferreira, de 74 anos, demonstra preocupação com a diferença de nível nas qualidades dos clubes paulistas no início da competição nacional, marcada para dia 9 de agosto, um dia depois do fim do campeonato estadual.

“Briga” com a CBF

A pequena distância entre o fim da competição e início de outra, e devido à maioria de times paulistas, sendo 1/4 no Brasileirão, fez o comandante do Peixe afirmar que eles merecem um zelo maior pelo histórico no futebol brasileiro.

Na coluna do jornal português O jogo, o treinador recordou que os clubes cariocas possuem maior tempo para preparação e os clubes paulistas precisam de um tratamento diferente da CBF.

Publicidade

O treinador Santista citou o Flamengo na desigualdade do tempo de treinamento que tiveram em comparação aos paulistas, demonstrando o maior participação deles na competição.

Publicidade

“Estamos perto de perceber quais os efeitos da desigualdade desportiva que se vão verificar, olhando ao tempo de trabalho que tiveram, por exemplo, os times do Rio de Janeiro, particularmente o Flamengo, que recomeçou em 18 de maio. As equipes de São Paulo constituem um quarto da tabela do Brasileirão, são cinco em 20”, escreveu técnico do Santos, em sua coluna no jornal português O jogo.

Retorno das atividades

A Preparação nos clubes dos cariocas e sulistas ocorreram por volta do dia 18 de maio, logo o início da prática com a bola sucederam antes de julho, já as equipes de São Paulo só houveram suas atividades somente no dia 1° de julho. O retorno se deu de acordo com a determinação e protocolo de segurança do governo estadual. 

Paulistão voltando, o Alvinegro Praiano líder do grupo A com 15 pontos, possui um jogo decisivo contra o Santo André na Vila Belmiro que será no dia 22 de julho.

Publicidade
Next post

Santos tenta fechar ex Flamengo e torcida se anima

Bryan Ruiz anuncia saída do Santos