in

Destaque no Santos, zagueiro é cogitado na Europa

Ivan Storti/Santos FC
Publicidade

Conhecido por revelar grandes jogadores ao futebol brasileiro, principalmente de ataque, a base do Santos protagonizou recentemente a formação de grandes defensores. Entre eles, Robson Bambu (hoje no Athletico Paranaense), Gustavo Henrique (hoje no Flamengo) e a bola da vez, Lucas Veríssimo.

Embora tenha enfrentado certa desconfiança no início de sua carreira profissional, o zagueiro de 25 anos se firmou como um dos pilares do alvinegro praiano, completando este ano 155 partidas disputadas, com 6 gols marcados. As boas atuações renderam incansáveis procuras da Europa, por clubes tradicionais como Lyon, Torino, Udinese, Lazio, e Sampdoria.

A última oferta recebida pelo Peixe é oriunda da Inglaterra, mais precisamente do Watford, clube que luta pela permanência na Premier League. O valor divulgado é de 7,5 milhões de euros, aproximadamente R$ 45 milhões de reais, que serviriam muito bem aos cofres do Santos, devido aos apertos financeiros do momento. 

Publicidade

Uma dívida perpetuada com o Hamburgo (Alemanha), pela transferência do zagueiro Cléber Reis (hoje na Ponte Preta), impede que a diretoria santista registre novos jogadores até efetuarem o pagamento. Este seria um dos motivos para a venda de Lucas Veríssimo ser efetuada.

Publicidade

Além do defensor, o meio campista Jean Motta pode estar de saída para o Fortaleza. O time treinado por Rogério Ceni planeja oferecer um pagamento parcelado, como forma de aliviar o impacto da transferência nos cofres. Em meio à crise causada pelo coronavírus, os problemas ao técnico Jesualdo Ferreira não param de surgir, evidenciando falhas no planejamento da equipe.

Publicidade

Flamengo: Jorge Jesus pode levar três jogadores para o Benfica

Flamengo: craque quer ir embora e acordo está próximo