in

Prós e contras na contratação de antigo ídolo do Santos

Ivan Storti/Santos FC
Publicidade

A permanência do centroavante Ricardo Oliveira, de 40 anos, no Atlético-MG, pode estar próxima ao fim. Atualmente, o jogador não entra nos planos do Jorge Sampaoli, e tem contrato até dezembro. O clube mineiro até tentou fazer um parcelamento de três anos, mas recebeu a negativa por parte dos advogados, e ele pode estar perto de ser vendido ao Santos. Mesmo assim, há de se considerar a existência de empecilhos para a eventual compra.

Ponto ‘contra’ para o retorno do jogador

Por motivos causados pela pandemia da Covid-19, os atletas do Santos reduziram seus salários em 70%, uma vez que o clube está passando por uma forte crise financeira. Além disso, nos bastidores, a diretoria pretende negociar alguns atletas, como Lucas Veríssimo, que tem proposta do Watford, da Inglaterra.

A diretoria também enxerga que este não é o momento ideal para se trazer um jogador mais velho ao elenco, uma vez que o Peixe possui uma dívida junto ao Hamburgo, da Alemanha, pela compra do zagueiro Cleber Reis, de 29 anos, adquirido por 2 milhões de euros na época. Por conta deste problema jurídico, o clube da baixada paulista está proibido de fazer contratações pela Fifa até que se resolva com o time alemão.

Publicidade

Ponto ‘pró’ para a volta do clube

Ídolo do Peixe, o atacante Ricardo Oliveira apoia a ideia de voltar. Por vezes, declarou publicamente o interesse de encerrar a carreira no Alvinegro Praiano, e possui até mesmo um acordo verbal junto à diretoria: foi decidido que o atleta diminuirá o salário em relação ao que ganha atualmente.

Publicidade

Os familiares do atleta estariam desejosos por uma permanência no futebol brasileiro, a fim de ficar mais próximo de seus conhecidos. Apesar disso, mesmo que tenham sido constatadas apenas sondagens oriundas de times do país, uma possível migração para o futebol do exterior também não está descartada.

Publicidade

Time da Chapecoense está com 14 contaminados pelo coronavírus; governo toma drástica decisão de última hora

Pepê entra na mira do futebol europeu após fortes sondagens do FC Porto; empresário se pronuncia