in

Jornalista diz que está acertada a ida de Jorge Jesus do Flamengo ao Benfica: ‘Me disseram que ele vai’

Daniel Castelo Branco/O Dia
Publicidade

Estão se tornando cada vez maiores os rumores a respeito da saída de Jorge Jesus do Flamengo. Informações apuradas pelo jornalista Benjamin Back, dois canais FoxSports, apontam que o português teria ficado balançando com a proposta feita pelo Benfica. O clube sediado em seu país natal já foi sua casa enquanto treinador em oportunidades passadas.

Bom momento para deixar o Flamengo

O jornalista acredita que este é um bom momento para Jorge Jesus deixar Brasil. Após a final da Taça Rio, que acontece na próxima quarta-feira (8), o Flamengo ficará ao menos 30 dias sem nenhum compromisso oficial. No Maracanã, a equipe de Jorge Jesus enfrenta o Fluminense e, em caso de uma vitória simples, poderá se sagrar campeão carioca por antecipação. 

De acordo com Benjamin Back, o Benfica mexe com a cabeça de Jorge Jesus. Este é o seu clube do coração e, havendo uma grande oferta em dinheiro, a possibilidade de embarcar do Rio de Janeiro para Portugal é muito grande. O jornalista esportivo alega ter tido contato com pessoas ligadas aos bastidores do Rubro-negro, que afirmam como certa a ida do português para a Europa. 

Publicidade

“Hoje [segunda-feira] de manhã falei com uma pessoa e me surpreendi. Essa pessoa falou para mim: ‘Ele vai! Ele vai para o Benfica'”, completou. 

Publicidade

Multa elevada 

Caso o Benfica esteja disposto a tirar Jorge Jesus do Flamengo, terá que arcar com uma altíssima multa rescisória. O Rubro-negro estipulou o valor na casa de um milhão de euros, o que representam cerca de 6 milhões de reais na cotação atual de mercado.

Publicidade
Avatar

Escrito por Henrique

Henrique Furtado é um redator que gosta de ocupar o seu tempo livre lendo notícias, e noticiando aquilo que acha mais interessante.

Tricolor dá o toco na Globo e transmitirá ao vivo pela internet a final entre Fluminense x Flamengo

Jorge Jesus troca Flamengo por Benfica pela quantia de 7 milhões de euros/ano, diz imprensa de Portugal