in

Santos pode perder Yuri Alberto de graça

Pedro Ernesto / Santos FC
Publicidade

A vida do Santos não tem sido muito fácil esse ano, em meio a problemas financeiros que se agravaram com a paralisação dos campeonatos em função da pandemia do novo coronavírus.

E, se a bola continua parada dentro de campo, nos bastidores a situação continua agitada. A bola da vez é a negociação pela permanência do atacante Yuri Alberto.

Segundo informações da diretoria do clube, a situação já vem se arrastando há algum tempo e pelo visto não será resolvida até bem perto da data limite do encerramento do contrato com o atleta, que vai até o dia 31 de julho.

Publicidade

Por enquanto, o futuro do jovem atacante de 19 anos ainda está indefinido no Santos. Ainda no mês de maio, o Peixe recorreu a CBF e Federação Paulista com uma proposta de renovação para Yuri Alberto. De acordo com a Lei Pelé, o Peixe procura se resguardar como o clube formador e exercer seu direto a prioridade na contratação.

Publicidade

Através dessas medidas, a diretoria espera que não aconteça o mesmo caso do zagueiro Robson Bambu. Em 2018, o jogador foi defender o Athletico Paranaense, sem o que o Santos faturasse com a venda do jogador.

O time da Vila Belmiro é bem conhecido por ser um celeiro de craques e revelar jogadores que se destacam no Brasil o vão direto para clubes da Europa. Aproveitando a situação de Yuri, o Peixe também aproveitou para renovar o contrato de dois zagueiros da base: Wagner Leonardo (20 anos), com contrato até 2024 e Alex Nascimento (21 anos), até e 2024).

Eles já compõem o elenco profissional, mas ainda não tiveram oportunidade de atuar sob a liderança do técnico Jesualdo Ferreira.

Publicidade
Avatar

Escrito por Beka Assis

Redatora e curiosa, é uma entusiasta de gadgets, jogos e utilidades. Adora escrever e experimentar inovações que podem tornar a vida mais prática.

Next post

Zagueiro bom de bola pensa em voltar ao São Paulo e Raí deve bater o martelo

Mercado da Bola: São Paulo toma decisão sobre Everton Felipe após calote do Cruzeiro