in

Róger Guedes no Palmeiras? Torcida do Verdão sonha com volta do atacante

Divulgação Palmeiras
Publicidade

A possível saída de Dudu do Palmeiras deixou os torcedores alviverdes preocupados. Nas redes sociais, muitos deles especularam sobre possíveis atletas que poderiam ser contratados no caso da saída de Dudu. Róger Guedes é o nome mais comentado entre os palmeirenses.

O atacante defende o Shandong Luneng, da China, desde que deixou o Palmeiras. No acordo com o time chinês, o Verdão estabeleceu que haveria multa de cerca de 3 milhões de euros, caso ele fosse negociado com qualquer equipe do Brasil. Por este motivo, somente o Palmeiras poderia ser destino do jogador neste momento, caso o Shandong não queria pagar multa.

Róger Guedes não deve voltar ao Palmeiras

Apesar do pedido da torcida e da facilidade de não ter multa, o atacante que também defendeu o Atlético-MG no Brasil, não deve ser contratado pelo Palmeiras. Paulo Pitombeira, empresário do jogador, descartou essa possibilidade, de acordo com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo.

Publicidade

Segundo o jornalista, um dirigente do Palmeiras também negou a contratação. Segundo ele, o Palmeiras não pensa em reforços mesmo que Dudu realmente saia para defender equipe no Catar. A situação financeira do clube é complicada, mesmo com o patrocínio da Crefisa, e não faria sentido diminuir salário do elenco e contratar jogador do exterior pagando muito alto.

Publicidade

Saída de Dudu ainda não é certa

A saída de Dudu do Palmeiras ainda não está confirmada. O meia-atacante está envolvido em polêmica com a ex-esposa, Mallu Ohana, que oa cusa de agressão. Dudu quer sair, mas falta a proposta oficial do time do Catar que estaria interessado em contratá-lo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Flamengo x Globo: comparativo de audiências mostra qual foi mais sintonizado

Luxemburgo reclama de privilégios do Flamengo e fala em injustiça na volta ao futebol