in

Renato não dá chance e joia da base pode deixar o Grêmio

Divulgação: Grêmio
Publicidade

Renato Portaluppi é treinador do Grêmio desde 2016. Muito querido pela torcida, o treinador conduz o time com mãos de ferro e, neste período, conquistou Copa do Brasil e Copa Libertadores da América. Se era ídolo como jogador, tornou-se também como treinador.

Algumas atitudes de Renato, porém, são questionadas. Uma delas, sem dúvida, é falta de espaço para o goleiro Phelipe Megiolaro. Cria da base do Imortal, Megiolaro é visto como jogador de grande potencial, mas não conseguiu convencer o treinador.

Atualmente, o goleiro é o quinto na linha da posição. O titular absoluto, todo mundo sabe, é Vanderlei. Entre ele e Megiolaro aparecem três goleiros: Paulo Victor, Júlio César e Brenno. Por este motivo, o jogador da base até deixou o time principal por falta de espaço e retornou ao time de transição.

Publicidade

Aos 21 anos, Megiolaro foi requisitado apenas duas vezes para o time principal. Os jogos aconteceram em 2019. Nesta temporada, ele não teve chances. Muitos gremistas não entendem a situação de Megiolaro e pedem a Renato que dê mais chances ao jogador.

Publicidade

O arqueiro pode estar com os dias contados no Grêmio. Há interesse em seu futebol. Equipes de Portugal e de outros países estariam interessados em contar com o atleta. Paulo Luiz, vice de futebol do Grêmio, afirmou que entrevista à GaúchaZ, que não tem definição. “Ele continua na transição. Não recebemos nenhuma (sondagem). A ideia é mantê-lo, mas se vier alguma proposta, não vamos deixar de examinar”, afirmou o dirigente. Resta esperar para ver o que será do futuro de Megiolaro.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Meia do São Paulo com multa de R$ 300 milhões entra na mira de gigante da Europa

Começou! Assista ao vivo o jogo entre Flamengo x Boa Vista pela FlaTV