in

Equipe da primeira divisão vai investir mais de R$ 1 bilhão em contratações

Divulgação: Newcastle
Publicidade

Imagine uma equipe de futebol quase R$ 1 bilhão para investir em contratações? Pois isso vai acontecer no Newcastle, equipe da Inglaterra, que foi comprada pelo Public Investment Fund of Saudi Arabia, em abril. Os sauditas chegam ao clube que disputa a Premier League, primeira divisão do Campeonato Inglês, com a intenção de investir 150 mil libras.

Este montante equivale a R$ 997 milhões na cotação atual e deve servir para o time inglês montar uma boa equipe para a próxima temporada. De acordo com o jornalista Jorge Nicola, do Yahoo, há um brasileiro na mira da equipe e dois nomes de peso estão praticamente descartados.

Coutinho e Griezmann não devem ser contratados

O meio-campista Philippe Coutinho, de 28 anos, e o atacante Antoine Griezmann, de 29, foram ventilados no Newcastle, mas não devem ser contratados. O motivo é simples: o clube inglês quer investir em jogadores jovens, que podem ser negociados no futuro.

Publicidade

Aos 28 e 29 anos, Coutinho e Griezmann não se enquadram nesse grupo de atletas. O brasileiro defende o Bayern de Munique, mas deve deixar o clube alemão. o atacante francês está no Barcelona, mas pode ser que não continue por lá. Ao que tudo indica, Newcastle não será o destino deles.

Publicidade

Ex-jogador do Grêmio na mira do Newcastle

O atacante Tetê, de 20 anos, com passagem pelo Grêmio, estaria na mira do clube, de acordo com Nicola. O jovem jogador, que defende o Shaktar Donetsk, tem muito mercado na Europa e, caso se destaque no time inglês, poderia ser negociado com equipes maiores da Inglaterra mesmo ou de outros centros, como Espanha e Itália.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

O salário de Bruno Henrique no Flamengo é um dos mais altos do Brasil

Flamengo e a última notícia que a Globo não esperava: ‘batalha perdida’