in

Goleiro Bruno se envolve em nova polêmica e volta ao futebol fica difícil

O Tempo
Publicidade

O goleiro Bruno Fernandes se envolveu em uma nova polêmica que fez seu nome aparecer entre os assuntos mais comentados do Twitter nas últimas horas. Bruno posou com dois cachorros e fez propaganda de um canil em sua conta oficial no Instagram.

A peça publicitária na rede social não teria nada demais não fosse o crime pelo qual Bruno foi condenado. Em 2010, Bruno foi preso acusado de mandar matar a ex-namorada Eliza Samudio. Em 2013, o ex-goleiro do Flamengo acabou condenado a mais de 20 anos. O corpo de Eliza nunca foi encontrado e há suspeita de que tenha sido jogado para cães famintos. 

Bruno tenta voltar ao futebol

Desde o ano passado, quando saiu da cadeia para cumprir pena em regime aberto, Bruno recebeu autorização para voltar a jogar bola. Aos 35 anos, o goleiro tenta de todas as formas voltar ao futebol profissional enquanto ainda há tempo para isso. Normalmente, goleiros conseguem jogar até os 40 anos.

Publicidade

O problema é que encontrar uma equipe não é fácil. Bruno já teve ligado a alguns clubes, mas pressão de torcedores e sociedade civil fizeram o acordo não ser fechado. Bruno ficou muito marcado por causa da morte de Eliza. Com a polêmica envolvendo os cães, a chance de voltar ao jogar ficam ainda mais difíceis

Publicidade

Quanto mais polêmica, mais pressão há para que ele não volte ao futebol profissional. Pelo Instagram, onde é seguido por mais de 50 mil pessoas, o ex-goleiro do Flamengo não se envolve apenas em polêmica. Bruno tem postado fotos treinando para manter a forma e ritmo de jogo. O último post de Bruno no Instagram é uma propaganda, dessa vez para uma marca de luvas.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Next post

Vinícius Júnior em perigo no Real Madrid com essa decisão de Zidane 

Mercado da bola: craque revela porque rejeitou Flamengo