in

Vai voltar? Palmeiras bate o martelo e define o futuro do atacante Deyverson

Cesar Greco - Ag. Palmeiras
Publicidade

Na última segunda-feira (22), o Palmeiras foi informado pelo Getafe que o atacante não terá o seu contrato de empréstimo renovado com o clube espanhol. A crise financeira fez com o que a equipe europeia se quer cogitasse prorrogar o vínculo do jogador de 29 anos até o término de La Liga. Diante disso, o futuro do atleta ficou indefinido. 

A notícia de que o centroavante poderia voltar ao clube paulista deixou boa parte dos torcedores alviverdes apreensivos, uma vez que Deyverson não tem muito apreço entre os palestrinos, justamente por ter acumulado algumas polêmicas desde sua chegada ao clube em 2017, e também pela irregularidade apresentada dentro das quatro linhas.

Apesar do jogador estar disponível para um possível regresso ao Palmeiras, a diretoria do clube e a comissão técnica não irão dar uma nova chance ao jogador. Ciente da decisão do Verdão, os empresários do jogador já estão buscando um novo clube, cuja preferência é que seja da Europa.

Publicidade

Além de todas as rusgas com o torcedor palestrino, outro fator que inviabiliza a volta de Deyverson é que o plantel de Vanderlei Luxemburgo tem várias peças para o setor ofensivo: Luiz Adriano figura como titular absoluto. Além disso, Willian e Luan Silva, que atuam pelas pontas, também podem exercer a função de referência.

Publicidade

Não bateu a meta

Deyverson foi negociado para o Getafe no início deste ano. Para que o clube ficasse com o jogador em definitivo, ele teria que atingir algumas metas, como por exemplo, marcar nove gols e atuar em mais de 50% partidas, fato que esteve longe de acontecer – foram apenas sete jogos disputados e um tento marcado.

Contratado em 2017, Deyverson custou 5 milhões de euros (R$ 18 milhões na cotação da época) aos cofres palestrinos, e tem contrato até junho de 2022 com o Verdão.

Publicidade

Barcelona x Athletic Bilbao: saiba como assistir ao jogo do Espanhol ao vivo

Flamengo abre caminho para saída de atacante; clube da Série A pode ser o destino