in

Palmeiras deve vender esse atacante para pagar dívidas

Palmeiras - Veja
Publicidade

O Palmeiras confirmou, por Anderson Barros, a dívida com o Envigado, da Colômbia. O time paulista falhou o pagamento do jovem Iván Angulo, entretanto cedido no Cruzeiro. Agora, o Envigado fez queixa do Verdão na FIFA, surpreendendo a torcida alviverde. Porém, a diretoria do Palmeiras já veio tranquilizar a todos, se mostrando confiante de que o assunto vai ser resolvido brevemente. 

Palmeiras não pagou Iván Angulo 

Então, o atacante Iván Angulo chegou no Palmeiras na temporada passada. O atacante, agora com 21 anos de idade, ajudou o Palestra ganhando a Copa do Brasil, no sub-20, mas não chegou a se estrear no time principal. O craque fez sete gols, em 21 partidas no sub-20, mas não foi suficiente para subir no time principal.

Portanto, no início dessa temporada, Angulo foi cedido para o Cruzeiro, onde também não pode fazer qualquer partida, por culpa dessa pandemia do novo coronavírus e consequente paralisação da atividade esportiva. Até aqui, tudo certo, não fosse a questão do pagamento. Ao que parece, o Palmeiras contratou o jogador, emprestou ele para outro time, mas ainda não pagou seu passe, falhando o prazo do pagamento combinado no acordo entre os clubes. 

Publicidade

Envigado com ação na FIFA contra o Palmeiras

Entretanto, o Envigado entrou com uma ação na FIFA e caso o Palmeiras seja condenado, o time paulista arrisca um forte castigo, podendo mesmo ficar impedido de contratar novos reforços, durante três janelas de transferências. A situação está preocupando a torcida, que não esperava essa queixa contra o Verdão. 

Publicidade

Em declarações para o portal O Nosso Palestra, Anderson Barros, assumiu todas as acusações, mas se mostrou confiante no pagamento da mesma. O dirigente paulista está convencido que o time vai resolver bem essa situação, pagando sua dívida com o time colombiano e a queixa será retirada da FIFA. 

Venda de Arthur Cabral vai ajudar o Palmeiras

Para pagar essa dívida, o Palmeiras está contando com o valor da venda de Arthur Cabral. O atacante brasileiro está fazendo uma boa temporada no Basel, da Suíça. O time tem opção de compra obrigatória caso o jogador faça 12 gols. No momento, ele tem 11 e Anderson Barros não tem dúvida que o Basel vai acionar essa compra, 4,5 milhões de euros, ou seja, 26 milhões de reais. No caso, o Palmeiras só vai receber metade desse valor. O restante pertence ao Ceará, que detém 20% dos direitos do jogador. 

“Infelizmente, era uma dívida do ano passado. Estamos tentando colocar todas as contas do clube em dia. Posso dizer que esta questão já está resolvida, inclusive com troca de documentos e prazos para pagamentos dos valores em aberto. A questão será retirada da FIFA. O valor deve contribuir para equilibrar o fluxo de caixa Alviverde. A venda deve ser sacramentada muito em breve e os valores serão importantes para ajustar situações que são necessárias”, revelou Anderson Barros para o portal O Nosso Palestra.  

Publicidade
Next post

Corinthians divulga resultados dos exames da Covid-19 e números são impressionantes

Everton x Liverpool: saiba como assistir ao clássico da Premier League ao vivo