in

Alexandre Pato fica cara a cara com Bolsonaro e ouve o que não queria

Divulgação São Paulo
Publicidade

Atacante do São Paulo, Alexandre Pato participou da cerimônia de posse do novo ministro das Comunicações, em Brasília, na manhã desta quarta-feira (17). O deputado federal Fábio Faria (PSD) é casado com Patrícia Abravanel, irmã de Rebeca, esposa de Pato. As duas são filhas de Silvio Santos.

Além de Alexandre Pato, o zagueiro palmeirense Felipe Melo também participou da cerimônia. Rodolfo Landim, presidente do Flamengo, era outro nome ligado ao esporte que se fez presente no evento. Landim e Felipe Melo estavam na bancada em cima do auditório. Pato estava na plateia.

Pato ouve o que não queria de Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) é torcedor do Palmeiras e deixou isso claro na cerimônia. Em mensagem a Felipe Melo, Bolsonaro falou o que Alexandre Pato não queria ouvir. Com um broche do Flamengo, o presidente da República mandou o recado ao zagueiro do Verdão. 

Publicidade

“(Queria) Dizer ao Felipe Melo que está aqui ao meu lado. Estou aqui com o broche do Flamengo agora, mas estarei contigo no Catar no final do ano para levantar a taça de bicampeão mundial do Palmeiras – afirmou o presidente, que se declara torcedor do clube, citando o título da Copa Rio de 1951, que o Palmeiras defende ser o primeiro título mundial”, afirmou Bolsonaro.

Publicidade

Pato, com toda a certeza, preferia ouvir do presidente que o São Paulo estará no Catar. São Paulo e Palmeiras disputam a Copa Libertadores da América. O torneio foi suspenso na segunda rodada da fase de grupos e ainda não há previsão de quando voltará a ser disputado. O vencedor da Libertadores disputa o Mundial de Clubes, No ano passado, foi o Flamengo.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Flamengo pede R$ 10 milhões por partida à Globo e acaba pressionado por todos os lados

Ídolo do Corinthians provoca Felipe Melo e diz que o nocautearia: ‘Não demora 1 minuto’