in

Flamengo pede R$ 10 milhões por partida à Globo e acaba pressionado por todos os lados

Divulgação Flamengo

O Campeonato Carioca e o futebol brasileiro retornam nesta quinta-feira (18). O primeiro depois da paralisação em decorrência da pandemia do novo coronavírus será disputado entre Bangu e Flamengo, no Estádio do Maracanã, às 21h. O jogo de retorno das competições está cercado de polêmica.

De acordo com o colunista Cosme Rímoli, do R7, o Flamengo está sendo pressionado por todos os lados porque até agora não chegou a acordo com a Rede Globo para a transmissão da partida. Clube e emissora não têm acordo pelos direitos do Estadual, mas muita gente esperava que o acerto acontecesse agora.

Flamengo pede R$ 10 milhões por jogo

De acordo com Rímoli, o Flamengo teria pedido R$ 10 milhões por partida à emissora para assinar o acordo pelos direitos de transmissão. No início do ano, o clube pediu R$ 100 milhões à Globo, mas a emissora se dispôs a pagar R$ 18 milhões, mesmo valor recebido por Botafogo, Fluminense e Vasco.

A Globo emitiu comunicado em que afirma que o Flamengo está no direito legítimo de não aceitar a proposta feita pela emissora. O problema é que a situação financeira da empresa e do clube não são fáceis. Pode ser que ainda haja um acordo.

Flamengo é pressionado

Ferj, Globo e até mesmo o Planalto estariam pressionando o Flamengo. Todos querem que o jogo que marcará a volta do futebol no Brasil seja transmitido. Sem o acordo, a partida entre Bangu e Flamengo só será vista pelos profissionais de comunicação que forem ao estádio, já que o jogo será com portões fechados e sem transmissão na TV ou internet.

Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network. Aqui escrevo sobre política, futebol, TV & famosos e qualquer outro assunto que esteja repercutindo no Brasil e no mundo.
Entre em contato comigo pelo @DiogoMarcondes no Twitter!

Willian voltou? Corinthians anuncia contratação de peso: ‘Veste o manto desde criancinha’

Alexandre Pato fica cara a cara com Bolsonaro e ouve o que não queria