in

Com a volta do futebol, Galvão Bueno poderá decidir se vai ou não trabalhar na Globo

Reprodução Globo
Publicidade

A Rede Globo reuniu parte da equipe das transmissões esportivas do canal e definiu alguns novos esquemas de trabalho. Desde março, o futebol está paralisado em todo o Brasil devido a pandemia causada pelo novo coronavírus. Ainda não há previsão de quando os torneios vão retornar oficialmente, mas esse dia se aproxima cada vez mais.

A Globo tem direitos de transmissão de Estaduais, Copa do Brasil, Campeonato Brasileiro, Copa Libertadores da América e Mundial de Clubes. De acordo com o colunista Flavio Ricco, do R7, a diretora de eventos, Joana Thimoteo, e o gerente de futebol, George Guilherme, fizeram encontros virtuais com narradores e comentaristas para definir as novas diretrizes e o protocolo de segurança.

Galvão Bueno poderá definir se volta ao trabalho

A Globo deixou a cargo dos funcionários que estão no grupo de risco da Covid-19 a liberdade de escolher se querem ou não voltar ao trabalho. Neste cenário, o narrador Galvão Bueno, de 69 anos, poderá definir se quer voltar à emissora. Atualmente, ele participa do ‘Bem, Amigos’, no SporTV, de sua casa.

Publicidade

Globo diminuiu equipe de trabalho

As transmissões esportivas da Globo serão diferentes. De acordo com Flávio Ricco, as narrações serão feitas do estúdio e apenas um repórter da emissora acompanhará a competição do local da partida. O número de câmeras nas transmissões também diminuirá.

Publicidade

Os jogos que contavam com 15 equipamentos terão 11. Aqueles que tinha 11 vão abaixar para oito. Os jogos que tinha oito câmaras terão apenas cinco. Tudo isso para evitar que muitos profissionais do canal possam se dirigir aos locais dos eventos e ficar exposto a um maior contato com o público.

Publicidade
Avatar

Escrito por Diogo Marcondes

Jornalista formado desde 2015. Jornalista por vocação desde que nasceu. Redator da i7 Network desde 2015.
Fale comigo: diogojornalismo@yahoo.com.br

Caso Ronaldinho: promotores descobrem esquema de produção de documentos falsos

Luto: ex-atacante da Seleção Brasileira e do Botafogo morre em BH