in

Jogador é assaltado e revela momentos de tensão: ‘apontaram uma arma no meu rosto’

Onefootball - Divulgação
Publicidade

Inativo por conta paralisação do futebol em decorrência da pandemia do novo coronavírus, o atacante Samu Castillejo, do Milan, tomou um grande susto nesta terça-feira (09). Em suas redes sociais, o jogador de 25 anos revelou ter sido alvo de um assalto à mão armada em Milão. Apesar do drama vivido, o espanhol passa bem.

“Está tudo bem em Milão? Acabo de ser assaltado por dois indivíduos que me apontaram uma arma à cara”, relatou o jogador no Instagram.

Publicidade

De acordo com o portal “Milannews”, que costuma cobrir o clube rossonero de forma incisiva, o assalto aconteceu quando Castillejo estava parado em um semáforo. Antes de se evadir do local, o criminoso levou um relógio do jogador.

Publicidade

Castillejo atua pelo Milan desde 2018. Anteriormente, o jogador acumulou passagens pelo Málaga e Villarreal, ambas equipes da sua terra natal.

Volta da Serie A

Tido como um dos epicentros iniciais da pandemia da Covid-19, a Itália já contornou o cenário de caos, e tem data programada para retomar o certame nacional. Após a elaboração de rígidos protocolos, ficou determinado que a competição terá a sua continuidade a partir do dia 22 de junho.

O Milan de Castillejo ocupa momentaneamente a sétima posição do Campeonato Italiano, com 36 tentos somados, e briga fortemente com Hellas Verona e Napoli por uma vaga na próxima Liga Europa.

A liderança do certame pertence à Juventus. A Velha Senhora, no entanto, não tem vida fácil na corrida pelo título, uma vez que a Lazio aparece há um tento de diferença, e a Inter de Milão ainda está no páreo.

Publicidade
Next post

Corinthians pode dar chapéu no Vasco e assinar com reforço avaliado em R$ 72 milhões

Quarta-feira (10) será movimentada no futebol; veja os jogos e saiba como assistir AO VIVO