in

Roberto Carlos se ofereceu a dois times do Brasil antes de fechar com Timão

Reprodução - Fifa
Publicidade

Após longos anos atuando em alto nível no futebol europeu, o lateral-esquerdo Roberto Carlos resolveu voltar ao Brasil em 2010. Em seu regresso ao país, o experiente jogador fechou contrato com o Corinthians e atuou ao lado do seu velho companheiro de Real Madrid e Seleção Brasileira, o atacante Ronaldo Fenômeno.

Contudo, o destino de Roberto Carlos poderia ter sido outro ao invés do Parque São Jorge. Segundo o pentacampeão, antes de acertar com o Timão, ele se ofereceu para Santos e o Palmeiras, mas as tratativas não avançaram.

O Peixe não quis arcar com o teto salarial de R$ 150 mil para viabilizar a contratação do craque, que sempre declarou torcer para o time praiano. Diante do declínio do Santos, Roberto Carlos procurou o Palmeiras, onde havia tido uma passagem marcante no início dos anos 90. O Verdão, no entanto, também não aceitou a oferta.

Publicidade

“Todo mundo sabe que eu sou santista. Quando eu fui para o Corinthians, em 2010, eu fiz uma oferta ao Santos, mas eles não queriam pagar, fiz uma oferta ao Palmeiras, também eles não estavam dispostos a pagar”, disse Roberto Carlos em uma live de marketing digital.

Publicidade

Números

Com a camisa do Corinthians, Roberto Carlos atuou em 64 partidas, tendo acumulado 38 vitórias, 15 empates e 11 derrotas. Neste período, o experiente jogador marcou cinco gols, e não chegou a conquistar nenhum título.

No entanto, juntamente com Ronaldo é tido como um dos motivadores para ascensão do Timão nos anos seguintes.

Na live, o ex-jogador até brincou que ele e Ronaldo foram ensinar ao Corinthians como se ganhava títulos e foram embora.

Publicidade
Next post

Palmeiras: com Leila Pereira, Verdão ‘humilha’ Flamengo em patrocínio de camisa

Flamengo encontra reforço para suprir saída de Gerson