in

Luto: campeão pelo Palmeiras, Cruzeiro e Galo, ex-jogador morre em BH

Reprodução - O Pensador

O futebol está de luto. Com passagens marcantes pelo Palmeiras e no futebol mineiro, o ex-jogador Ronaldo Drummond morreu na madrugada desta terça-feira (09), aos 73 anos de idade. Ele estava internado há 20 dias no Hospital Vera Cruz, em Belo Horizonte, com uma hemorragia gástrica.

Ronaldo teve uma piora do seu quadro nas últimas horas e a família do ex-jogador chegou a fazer uma campanha de doação de sangue para ex-atleta, mas não deu tempo. Por conta da pandemia do coronavírus, o ex-jogador não terá velório, e será sepultado no Cemitério do Bonfim em horário a ser definido. 

Homenagem

Nas redes sociais, Atlético e Cruzeiro se manifestaram e lamentaram a morte do ex-jogador. 

“O Atlético lamenta profundamente o falecimento de Ronaldo Drummond, aos 73 anos, e manifesta sua solidariedade aos familiares e amigos do ex-atacante”, postou o perfil oficial do Galo, no Twitter.

Carreira

Ronaldo Drummond defendeu as cores de Atlético-MG, Cruzeiro e Palmeiras. No alvinegro mineiro, ele faturou o estadual de 1970 e o Brasileirão do ano seguinte. Posteriormente, em passagem pelo arquirrival do Galo, ele faturou a Copa Libertadores de 1976.

Antes, porém, Ronaldo teve uma passagem marcante pelo Palmeiras, onde conquistou quatro títulos:  Campeonato Brasileiro de 1972 e 1973, e levantou dois Paulistas em 1972 e 1974.  Naquela oportunidade, ele integrava um time estrelado do Verdão que tinha craques como Ademir da Guia, Luís Pereira, Leão entre outros.

Após brilhar por onde passou, Ronaldo se aposentou em 1978, defendendo as cores do Cruzeiro.

Craque que não doou dinheiro para coronavírus gasta mais de R$ 40 mil em quadro

Santos perto de perder um de seus craques mais importantes