in

Cruzeiro e a saída de um jogador odiado pela torcida

Publicidade

A pandemia do novo coronavírus vem causando muitos prejuízos aos clubes de futebol e a paralisação dos jogos deverá ocasionar na venda de jogadores. As equipes buscam reforçar os cofres e no Cruzeiro, rebaixado para o Brasileirão Série B, não será diferente.

Rescisão de contrato

O Cruzeiro agora tem Sérgio Santos Rodrigues à frente do comando. Eleito presidente celeste, o dirigente conta com o apoio do conselho gestor e também de Pedro Lourenço, um patrocinador muito querido pelos torcedores e que vem ajudando o time.

Sérgio Santos Rodrigues foi eleito há pouco tempo e já tomou algumas decisões importantes. Dentre elas está a rescisão de contrato de Edílson e Robinho, jogadores que já faziam parte do elenco na última temporada e acabaram sendo criticados pelos torcedores.

Publicidade

Segundo as informações divulgadas pelo próprio clube, a decisão pela rescisão foi financeira e se tratava de dois jogadores que tinham altos vencimentos mensais.

Publicidade

João Lucas de saída?

O lateral-esquerdo João Lucas, de 29 anos de idade, foi um pedido do técnico Adilson Batista quando ainda estava no Cruzeiro e acabou não empolgando os torcedores, aliás, muito pelo contrário. Bastante criticado e até odiado por parte da torcida, o atleta poderá ser negociado com a Chapecoense.

A negociação seria por período de empréstimo e o principal motivo seria o retorno dos jogadores Marcelo Hermes e Patrick Brey. Outro que também pode ser negociado é o também lateral-esquerdo Rafael Santos, recém promovido da base celeste.

E para você torcedor, o Cruzeiro deveria liberar o lateral João Lucas ou o atleta merece uma nova oportunidade no elenco? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Flamengo: reforço caiu por muito pouco e há desilusão na torcida

Gerson de saída? Flamengo e a última notícia que pode mudar tudo