in

Atlético pronto para dar chapéu no Corinthians e assinar com campeão da Libertadores

Reprodução/Goal
Publicidade

A pandemia do novo coronavírus prometa várias mudanças no futebol, inclusive nas regras do jogo na temporada 2020. E m alguns países a bola já está rolando, com a opções dos treinadores realizarem até cinco substituições e algumas outras modificações na regra.

Crise financeira

A paralisação dos jogos afetou os cofres de todos os times do futebol mundial e não foi diferente no Atlético-MG. A equipe tenta manter as contas em dia, no entanto, ao contrário de outros rivais, conta com forte aporte financeiro de um de seus patrocinadores.

O clube continua se movimentando por reforços no mercado da bola e oficializou a chegada do meio-campista Léo Sena. Aos 24 anos de idade, o jogador vinha se destacando no Goiás e vai custar o valor de R$ 4 milhões de reais aos cofres do Galo.

Publicidade

Eduardo Vargas, atualmente no Tigres, é outro nome especulado para defender o Atlético. O Radar Esportes ressalta que o atleta já trabalhou com Jorge Sampaoli na Seleção do Chile e conta com salário milionário no clube do México.

Publicidade

Jô no Atlético?

O atacante , hoje aos 33 anos de idade, já defendeu o Atlético no passado e conquistou o título da Copa Libertadores. O centroavante atuou ao lado de Ronaldinho Gaúcho e entrou para a história do clube mineiro, sendo um dos principais nomes daquele elenco.

Jô é alvo também do Corinthians e a disputa deverá se prolongar pelas próximas semanas. O atacante defende o Nagoya Grampus, do Japão, e tenta sua rescisão contratual para retornar ao Brasil.

E para você torcedor, o Atlético-MG deveria abrir os cofres para oficializar a contratação do atacante Jô? Deixe sua opinião nos comentários.

Publicidade
Next post

Jorge Jesus revela fator número 1 que pesou na sua renovação com o Flamengo

Sábado tem jogos imperdíveis na Europa; veja como assistir AO VIVO