in

Rodriguinho expõe bastidores da queda do Cruzeiro e detona diretoria: ‘Uma bagunça’

Vinnicius Silva - Divulgação - Cruzeiro
Publicidade

O Cruzeiro viveu uma temporada de 2019 definitivamente para ser esquecida. Além dos problemas extra-campo, com diversos escândalos, dentro das quatro linhas o time sucumbiu diante de uma gestão turbulenta, e o cenário esperado se concretizou: o rebaixamento para a Série B.

Passados meses da derrocada, alguns jogadores que integravam o elenco celeste em 2019 quebraram o silêncio. Após Fábio e Dedé se pronunciarem sobre o assunto, o meio-campista Rodriguinho expôs alguns bastidores da equipe, e criticou de forma ferrenha a diretoria do clube mineiro. 

Em entrevista à ESPN, o jogador que atualmente veste as cores do Bahia, abriu o jogo e afirmou que a partir da reportagem veiculada pelo programa Fantástico, da TV Globo, mostrando os escândalos financeiros do clube tudo ruiu.

Publicidade

“Daqui a pouco começou a ter problema de treinador, problema de jogador com jogador, problema de jogador com treinador… virou uma bagunça! Jogador não aceitava ficar no banco, jogava colete e saia do treino, não ia para a viagem… Virou terra de ninguém! E isso foi cada vez piorando mais”, disparou Rodriguinho.

Publicidade

Culpa no cartório

Segundo o jogador, todo o ambiente ruim deflagrado nos bastidores da equipe e o próprio rebaixamento se deu por conta da diretoria, principalmente quando começou a atrasar salários, o que permitiu que funcionários e jogadores reclamassem publicamente.

Rebaixado pela primeira vez na sua história, o Cruzeiro elegeu no final do último mês o seu novo presidente, que terá a missão de recolocar a “casa” em ordem novamente, pagando dívidas da gestão passada.

Publicidade
Next post

Palmeiras: craque revela desejo em regressar e torcida se anima

Flamengo acerta renovação contratual de promessa e fixa multa milionária