in

Mas já? Flamengo acerta venda de joia para o futebol europeu

Alexandre Vidal - Divulgação - Flamengo
Publicidade

A pandemia do novo coronavírus não só deixou o futebol em uma situação de incerteza como instaurou uma crise financeira nos clubes. Diante da falta de receitas oriundas de bilheterias, declínio de patrocinadores e queda drástica no programa de sócios-torcedores, o Flamengo tem optado por negociar  algumas de suas joias para conter o déficit nas finanças.

Após acertar acertar a ida de Rafael Santos por empréstimo ao Apoel, do Chipre, o clube da Gávea fechou nesta terça-feira (2), a transação envolvendo o volante Matheus Alves. O jovem jogador foi vendido ao Leixões, equipe de Portugal. No acerto, o rubro-negro ficou com 50% dos direitos federativos do atleta.

Matheus Alves tinha contrato com o Flamengo até o final desta temporada, e já tinha um cenário de permanência no clube bem improvável de acontecer. Na temporada passada, a crise da base rubro-negra ajudou o Fla faturar o título do Brasileirão Sub-20, Campeonato Carioca e a Copa do Brasil da categoria.

Publicidade

Além de Rafael Santos e Matheus Alves, o Flamengo também acertou a volta do atacante Thiago ao Náutico. Neste caso, no entanto, o jogador contratado por altas cifras ficará emprestado ao seu clube de origem até o final desta temporada, e prolongou seu vínculo com o Flamengo. Neste período de empréstimo, o rubro-negro arcará com o salário do jogador, a ser descontado na última parcela do acordo com o Timba.

Publicidade

Cortes no clube

A pandemia do coronavírus obrigou o Flamengo adotar uma série de medidas para tentar controlar a crise. Funcionários foram demitidos, outros tiveram vencimentos reduzidos, a exemplo dos jogadores, que tiveram 25% dos seus respectivos vencimentos cortados.

Publicidade
Next post

Revista divulga lista dos estádios mais vibrantes do mundo; brasileiro aparece no top-10

Neymar e uma exigência para o Barça que causa polêmica